PREFEITURA DE JALES ESPERA ARRECADAR R$ 3 MILHÕES COM CIP EM 2019

No projeto da lei orçamentária para 2019, que está sendo discutido na Câmara Municipal, o prefeito Flá Prandi e seus assessores para assuntos de orçamento estão estimando arrecadar R$ 3 milhões com a Contribuição para Custeio da Iluminação Pública (CIP), no ano que vem.

Neste ano, até o dia 31 de outubro, a CIP arrecadou pouco mais de R$ 2 milhões e, nesse ritmo, chegará ao final do ano com uma arrecadação próxima a R$ 2,5 milhões. Esse valor está bem abaixo do que a Prefeitura esperava arrecadar em 2018. E, misteriosamente, ficará abaixo também dos R$ 2,6 milhões arrecadados em 2017.

Enquanto isso, aqui em Jales os “guerrilheiros do teclado” continuam protestando nas redes sociais e nas emissoras de rádio com mensagens contra o reajuste de 24,42% decretado pelo prefeito Flá Prandi nos valores da CIP. O detalhe curioso é que, em agosto, a tarifa de energia elétrica da Elektro foi reajustada em 23,12%, sem que os paneleiros virtuais soltassem um pio.

No meu caso, o reajuste da CIP irá impactar o orçamento doméstico em menos de R$ 2,00 mensais. Já o reajuste na tarifa da Elektro significou, neste mês, um acréscimo de R$ 20,00 na minha conta de energia elétrica. Mas, para aqueles que gostam de reclamar, é mais fácil protestar contra o reajuste da CIP, que é um “imposto” municipal.

Os paneleiros virtuais deveriam protestar, isso sim, contra o método injusto de cobrança da CIP, que, por exemplo, irá cobrar do dono de um modesto imóvel do Jardim Alvorada, os mesmos R$ 8,25 que pagará o dono de uma residência de 500m² no centro da cidade.

Ou que irá cobrar de um simples salão de barbeiro, com uma portinha e uma sala de 20 ou 30m², os mesmos R$ 28,08 que serão cobrados, por exemplo, do Supermercado Sakashita, que ocupa meio quarteirão.

Em 2002, quando a criação da CIP foi aprovada com o voto favorável do então vereador Flá Prandi, em sessão extraordinária realizada às pressas, entre o Natal e o Ano Novo, ninguém protestou. Apenas três ou quatro vereadores se colocaram contra a contribuição que, na verdade, era uma forma disfarçada de aumentar impostos. 

A população, à época, não reclamou e, ao contrário – parafraseando um conhecido advogado, desafeto deste aprendiz de blogueiro – “se quedou silente”. Agora, com o estupro consumado, há quem insista em não relaxar.        

10 comentários

  • joao

    A CIP na verdade não é uma tarifa ( imposto, ou outro nome ) que é cobrado para iluminar a frente de sua casa, lote, empresa, etc., trata-se de custear a iluminação publica da cidade toda, ou seja, as praças, ruas, avenidas de de uso comum, toda vez que você sai a noite e utiliza as ruas e avenidas iluminadas ( ou mau iluminadas ), a conta é paga com o rateio dos valores arrecadados por todos que utilizam o serviço.

  • jumento eleitor de bostanaro.

    CARDOSINHO. vc que esta no jornalismo há algum tempo, poderia me explicar JOAQUIM LEVY, ministro da Dilma que era uma presidenta imprestável para o país? O Bozonaro gostava do comando da Dilma? uai , como pode um ex ministo do PT servir ao bozonaro? explica aí rapaziada das KILUX, SW etc.

  • MAMÃO COM ACUCAR

    MUITO BEM CARDOSINHO.

    NESSA CIDADE TEM MUITO ZÉ MANÉ QUE QUER VIVER DO DINHEIRO PÚBLICO, E PELO FATO DO FLA SER HONESTO E NÃO EMPREGAR ESSES ZÉS RUELAS DA VIDA, OS MESMOS FICAM RECLAMANDO DE TUDO O QUE O PREFEITO FAZ.

    TEM UM CERTO VEREADOR QUE TEM O SONHO DE SER PREFEITO (MAS FELIZMENTE NÃO IRÁ CONSEGUIR PQ SE ELE SE ELEGER UM DIA SUA GESTÃO SERÁ PIOR QUE A DA NICE) AÍ ACHA QUE CHEGA NA PREFEITURA CRITICANDO TUDO, E JUNTA COM ESSES MANÉZÕES QUE ACHA QUE PREFEITURA É VACA PRA MAMAR E TENTAM A TODO CUSTO ILUDOR O POVO DE JALES DIZENDO QUE O PREFEITO NÃO PRESTA. NOSSA CIDADE ESTÁ SENDO TRANSFORMADA E SÓ NÃO VE QUEM NÃO QUER. TEM UM QUE SE FORMOU PRA “ADEVOGADO” ESSES DIAS E ACHA QUE JÁ PODE SER JUIZ E FALA UM MOOOOONTE DE ASNEIRA KKKKKK

    TCHAU BRIGADO

  • Eu

    E a cidade no escuro……

  • Triste fim

    Fra cassado é o pior que já apareceu pelas aquelas bandas! Triste fim de Jales!

  • Estudante

    Mamão com açúcar o correto é ADVOGADO e não ADEVOGADO, vá para escola kkkkk

    • MAMÃO COM AÇÚCAR

      VOCÊ QUE DEVE IR PRA ESCOLA, POIS NEM SABE O QUE É IRONIA. ALIÁS, NÃO VIU AS ASPAS”””””””””””” “””””””””””????????????????????????????????????????????

  • joao

    Cardosinho, bem colocado a aprovação da TIP foi feita sem discussão e agora ficam sem saber o que fazer, outra coisa que esta sendo discutido é o novo Plano Diretor, absurdo o que estão propondo, e se a sociedade não acordar e discutir vamos daqui há alguns anos estar reclamando da aprovação da forma proposta. Os palpiteiros do plano viajam para a Europa e querem implantar na nossa cidade o que veem no exterior, por exemplo loteamento tem que ter rede elétrica subterrânea, isto encarecerá o loteamento, pois custa 3 vezes mais, e a Elektro não assume a manutenção por muito roubo de fiação.

  • Cowboy do asfalto

    Eu pergunto: Cadê o super secretário do prefeito Flá para resolver o problema da escuridão de nossas ruas?
    Será que chegaremos ao ponto de dizer que estamos com saudades do super secretário da época da Nice?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *