PRONTA HÁ QUATRO MESES, LANCHONETE NÃO PODE SER INAUGURADA PORQUE ELEKTRO NÃO DISPONIBILIZA ENERGIA

DSC01094-ed

O prédio da foto acima – onde deveria estar funcionando uma lanchonete, nas proximidades do Hospital de Câncer – ficou pronto em fevereiro e, desde abril, já conta com todos os equipamentos, mas o dono não consegue iniciar suas atividades comerciais. 

O dono é o empresário João Manoel Ramos Ferneda, ex-sócio do “Massa Pronta”. Ele investiu cerca de R$ 500 mil em seu novo estabelecimento e calcula que deverá gerar de 08 a 10 empregos diretos, mas, por enquanto, está tomando prejuízo.

A principal culpada pelos prejuízos é a Elektro. A poderosa concessionária dos serviços de energia elétrica está se negando a retirar a rede primária que passa sobre o prédio. E sem a remoção da rede, João não consegue nem instalar energia elétrica em sua lanchonete e tampouco consegue o alvará de funcionamento a ser emitido pela Prefeitura.

A Prefeitura, de seu lado, também tem um pouco de culpa, pois aprovou o loteamento, sem que a Elektro tivesse removido a rede e, além disso, aprovou o projeto do empresário e autorizou o início da obra. Tudo isso, a bem da verdade, aconteceu ainda durante o mandato do ex-prefeito Parini.

Vejam, então, a situação vergonhosa a que chegamos. Um empresário está querendo trabalhar e gerar empregos, mas a arrogância da Elektro – que já poderia ter feito a remoção da rede, mas não o faz – o impede de inaugurar sua lanchonete. Deve ser por coisas assim, que o desempenho de Jales na geração de empregos é o pior da região.

DSC01097-pqE o pior: a justiça já reconheceu que a Elektro utiliza irregularmente o terreno e determinou, através de liminar, que a multinacional da energia retirasse a rede primária do local e disponibilizasse energia elétrica para o estabelecimento.

A Elektro chegou a iniciar a remoção, mas paralisou os serviços depois de conseguir a cassação da liminar. Reparem, na foto ao lado, que a empresa chegou a levar um poste para mudar a rede, mas o poste  continua deitado na calçada desde novembro do ano passado.  Ou seja, com um pouquinho mais de boa vontade da Elektro, o problema já estaria solucionado.

Esse é o Brasil, um país onde muitos vagabundos preferem roubar ou assaltar, ao invés de trabalhar. E onde alguns cidadãos de bem, pagadores de impostos e geradores de empregos, são impedidos de trabalhar.

25 comentários

  • Consumidor

    Foi rápida para reajustar a conta de energia as custas da seca. 40 quarenta por cento para o comércio. O pior só para essa região. Agora quero ver a concorrência do comércio/indústria com outras regiões que não tiveram reajuste. Gueeenta

  • Mineiro Come Quieto

    Gente, mas porque que ele foi construir debaixo de uma rede de alta tensão. Tenho certeza de que a rede não vai sair de lá só por causa dele não!

  • TIMELO

    JUMENTADA, ANTES DE POSTAR , FAÇAM O FAVOR DE FALAR COMA DIRETORIA DA ELEKTRO POR FAVOR, É UMA EMPRESA PRIVADA, SE PAGAR ELA FAZ. VOCES NAO ELOGIAM AS PRIVATIZAÇOES DO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, AGORA AGUENTEM.

  • Anônimo

    Deveria ter construído 15 metros da rede.

  • Sem exageros

    Essa noticia esta incompletada pois precisa ver o lado da Elektro para falar mal.
    O proprietario nao poderia construir com o terreno nessas condiçoes.
    A prefeitura aprovou o projeto simplesmente pois o problema da rede e’ do proprietario que comprou o lote nessas condiçoes.
    Acho que se pagar ela tira a rede pois logicamente tera’ custos.

  • animado

    Mineiro Come Quieto- é razoável. Antes de construir seria correto consultar a Elektro sobre restrições e
    se estas poderiam ser removidas e como e a que custo.
    Agora é apelar para os petistas tentarem denegrir
    as privatizações , como se isto fosse a causa de todas
    as desgraças do pais.

  • Julio

    Esse é o nosso mal ! primeiro faz pra depois saber se pode fazer.

  • carnavalesco

    Basta que ele contrate um advogado de sua confiança, e ingresse com uma ação judicial de obrigação de fazer em face da Elektro.
    Problema resolvido…..

  • Lelito

    O proprietário adquiriu o terreno e nele edificou sabendo de antemão que havia essa rede. Antes não tentou solucionar o problema?!
    E o que diz a Electro? Faltou ouvir o outro lado.

  • PAULA TEJANO

    AH TA, VAI CRENDO NISSO

  • Leitor

    O problema não é só da Elektro, tem que ver a responsabilidade do loteador, que com certeza deveria entregar o lote desimpedido. Caso contrário não deveria ter vendido.

  • macaco prego

    Leitor, você foi o mais coerente.

  • Fabiana

    Gostei de suas palavras no final da postagem meu amigo.
    O proprietário, o Joãozinho (como eu e meu marido o chamamos)é um rapaz honesto, trabalhador, que está tentando seu lugar ao sol. Ele apenas quer trabalhr. Será que para uma empresa tão rica quanto a Elektro, custava dar “uma força” para ele? Tenho certeza que se a Elektro fizesse essa gentileza, ganharia ainda mais respeito e admiração, pois estaria, de certa forma, ajudando uma pessoa a gerar empregos, coisa que nossa cidade mais necessita nesse momento, você não acha?
    Abs!

  • Tonho Toicim

    macaco prego, também achei o Leitor o mais coerente

  • morador de vitoria brasil

    tambem acho é de quem vendeu o terreno

  • jalesense

    Acredito que a elektro é uma empresa muito cheia de frescura, usa nossas calçadas para colocar os postes e vender suas energias e ainda vem com frescura para fazer a mudança de uma simples rede dessa ai, isso é muito vergonhoso,,, era melhor se nossa energia não fosse privatizada, seria mais barata e muito mais facil de reclamar uma conta errada ou em serviço errado!!!

  • morador de vitória brasil

    quem sera que privatizou a elektro não foi PT não foi PSDB

  • TIMELO

    se a elektro mudar da lanchinete, o toshiro tambem esta querendo a mesma coisa ha tempos na joao amadeu.

  • anonimo

    compre um gerador,,,,,

  • Anônimo

    SO FALTA ALGUEM VIM FALAR QUE A CULPA DESTA REDE DE ELETRICA ESTA AI É CULPA DA DILMA KKKKKKKKKKKKKKK

  • alguém

    Um pouco de falta de conhecimento,a rede deve está lá a mais de 35 anos,alguém autorizou a passar a rede.Agora o loteador vende o terreno sem remover a rede!!

  • Tonho Toicim

    É culpa da Dilma!

  • alguém

    Será??? Você deve saber!!Pra ficar escrevendo qualquer coisa.Alguém autorizou passar,ninguém coloca poste sem ter
    autorizado,agora vai saber aonde tá esta autorização,isso é se não for da (Minerva) também antigamente!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *