PROTESTO FECHA ESCOLAS NAS REGIÕES DE RIO PRETO E ARAÇATUBA

Em Jales, segundo informações, houve uma pequena manifestação hoje pela manhã, na Praça do Jacaré. Ainda de acordo com informações obtidas pelo blog, em algumas escolas estaduais de Jales parte dos professores e dos funcionários estão trabalhando, mas não há frequência de alunos, ou seja, não há aulas. Em outras escolas, a paralisação é quase total. Mas, vamos à notícia do G1:

Há protestos em várias cidades do noroeste paulista por causa da reforma da previdência proposta pelo governo federal, nesta quarta-feira (15). Em Araçatuba (SP), os professores  decidiram aderir ao Dia Nacional de Paralisação contra a terceirização da atividade-fim.

De acordo com o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), 95% das escolas estaduais aderiram à paralisação em todo o Estado.

O sindicato diz que dez escolas estaduais estão sem aula nesta quarta-feira (15) em Araçatuba, entre elas a maior da cidade, a Escola Estadual Manoel Bento da Cruz, que tem cerca de mil alunos.

Segundo informações de um funcionário do local, apesar de todos terem sido avisados sobre a paralisação, que deve permanecer ao longo do dia, alguns alunos foram à escola e tiveram de voltar para a casa.

Outras cidades
De acordo com a diretora estadual da Apeoesp, Maria José Cunha Carreteiro, em São José do Rio Preto (SP) cerca de 80% das escolas estaduais estão fechadas. Há na cidade 41 escolas estaduais com cerca de 25 mil alunos. Segundo ela, os pais dos alunos foram avisados com antecedência. Os professores devem se encontrar para protestar, às 15h, na praça da Figueira, que fica atrás do Senac.

Em Votuporanga (SP), oito escolas estão sem atividades, o que totaliza mais de quatro mil alunos sem aulas nesta quarta-feira, segundo a Apeoesp. Apenas uma escola estadual da cidade funciona de forma parcial. Escolas das 22 cidades pertencentes a sub sede de Votuporanga também paralisaram as atividades, assim 30 escolas estão paralisadas e cerca de 10 mil alunos sem aulas.

Já em Fernandópolis e Jales, além das aulas paralisadas terá manifestações. Em Jales, os manifestantes se reuniram na praça do Jacaré, a partir das 8h. Em Fernandópolis, a manifestação acontece na praça da matriz desde as 9h.

6 comentários

  • O sincero

    “parte dos professores e dos funcionários estão trabalhando, mas não há frequência de alunos, ou seja, não há aulas”

    Como assim os professores estão trabalhando? Eles falaram em sala que era pros alunos não virem pois não ia haver aula! Não teve frequência porque eles mandaram os alunos não ir!

  • Quem não tem força politica (cão), caça com gato (na rua)

    O PT não não tem força politica para barrar a aprovação portanto o PT mandou os seus sindicatos e movimentos sindicais que o apoiam, se manifestarem contra a reforma da previdencia.
    Tais como 1-APEOESP, nas escolas paulistas, 2- MST, no ministerio da Fazenda (Brasilia) 3-Sindicatos do metrô e trens, na capital paulista.
    Depois que Temer “pegou” a previdencia falida e endividada sendo obrigado a fazer reforma, ele tem o apoio dos partidos para aprovar a reforma, no congresso.
    A hipocresia disto tudo é que o PT ficou 13 anos, no poder, acabaram com a previdencia (alem da Petrobras) e agora são contra a reforma.

    • Elias

      Rapaz é sério que a Previdência esta falida? Mostra os dados reais ai pra confirmar isso, coloca ai quanto um trabalhador contribui na vida e quanto ele recebe de volta (caso se aposente) e quanto sobra pro governo falido.

  • QUEM NÃO TEM FORÇA POLITICA ( CÃO), CAÇA COM GATO ( NA RUA ) pois os ratos estão soltos no Congresso, caro colega não sabes ler ou não quer colocar as reais noticias , sobre as mudanças na Previdência . É claro que o PT não quer as mudanças, pois as mesmas só prejudicariam os trabalhadores, como por exemplo: aposentadoria após 65 anos idade ( ou você já tem ou a burrice parou ai ), empregos através da terceirização, aumento dos salários sempre abaixo da inflação etc…
    Você que nunca deve ter lido ou ouvido noticias trabalhista nos EUA e na Europa, precisa saber que em toda parte do mundo, menos nos países comunistas, existem Sindicatos de Trabalhadores, ou seus Movimentos Sindicais, ( para defenderem seus interesses ), quando precisa, mas como és muito politizado não sei por que só sabe falar em Apeoesp , MST e Sindicatos dos Metrô- e Trens, não falando dos sindicatos:-+-CNTE,APLB-Sindical, Servidores do Comcap, Sedim, a Fentect,, Sind-Ute, Simpro, MAB, UNE, UFMB, Andes-Sn, Líderes Intelectuais, Líderes Culturais, Sindicatos dpos Motorista de ônibus e cobradores etc……todos lutando por um bem comum não ser prejudicado pelo governo do Rato Temer fascista da direita, que só visa o bem estar dos grandes empresário e banqueiros.
    Politizado a Previdência nunca esteve falida, mas se um dia vier a ficar é por causa dos 35 mil reais por mês que ganham 525 deputados, 42 mil por m~es que ganham os 81 senadores, fora as mordomias, inclusive tendo cada um mais de 20 assessores que ganham na faixa de 18 mil reais por mês, os juízes federais com um ganho de mais de 70 mil reais por mês cada um,, fora é lógico seus assessores em torno de 25 mil reais. Sabias meu caro invejoso que em setembro do ano passado o Rato Temer deu de aumento 42% para todos os funcionários do Poder Judiciário e agora esta previsto um aumento de 36%, para as Forças Armadas cujo salários de todos chegará a aumentar nossas despesas em 9,15 bilhões. Se és bom de matemática soma esses salário e veras onde poderá estar o rombo da Previdência.
    Politizado sabes quanto foi o gasto em 6 meses do Rato Temer e sua esposa no Cartão Corporativo 29 milhões de reais em seis meses volta a escrever. 29 milhões em seis meses.
    Voltamos agora a falar sobre a Previdência, que só você leu , ouvi e diz que o PT precisa dos sindicatos para qua a mesma não passe noa Câmara e no Congresso:—
    ****Liderados pelo PSDB, partidos da base de apoio ao governo no Congresso querem barrar a mudança nos benefícios assistenciais (Lei Orgânica de Assistência Social-Loas, pago a idosos e deficientes da baixa renda), . ****Os tucanos devem fechar questão na próxima semana contra a alteração, na Câmara e no Senado
    ****O coordenador da bancada tucana na comissão especial que analisa a reforma, deputado Marcus Pestana (MG), disse que a medida prejudica os mais pobres e não passará.
    ****A disposição do novo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de marcar seu mandato-tampão com a aprovação de medidas de recuperação da economia, como a PEC do teto de gastos e a reforma da Previdência, deve esbarrar em resistências até mesmo na base aliada do governo Michel Temer.
    ****Apesar de considerar esses pontos importantes, líderes da base aliada afirmam que a reforma da Previdência é polêmica e dificilmente será aprovada para trabalhadores da ativa. E a oposição diz que a agenda neoliberal de Maia não surpreende e tem de ser enfrentada.
    ****O líder do PTB, Jovair Arantes (GO), um dos articuladores do centrão, disse que sua bancada está aberta a discutir e votar matérias de recuperação da economia. Mas a reforma da Previdência terá de vir com regra de transição e não poderá valer para os que estão no mercado de trabalho.
    Líderes dos sete maiores partidos do Congresso querem mudanças nas propostas sobre a reforma da Previdência, eles dizem ser necessário discutir mudanças nas propostas. A resistência existe até nas bancadas do PMDB, partido do qual Temer é presidente licenciado.
    Consegui instruir mais ou menos sua pessoa tão politizada, explicando como esta a situação da pec da Previdência? Terminando, durante seu governo tampão o Rato Temer deu 4 jantares para comprar os votos dos Deputados Federais e senadores, para seus projetos passarem na Câmara e no Senado, 33 milhões de reais que saiu do meu e do seu bolso.
    Boa Tarde, tenha mais um pouco de pudor.

  • COISA BOA

    Justiça suspende anúncios do governo sobre reforma da Previdência
    Liminar abrange todas as mídias em que propagandas têm sido veiculadas.
    Multa para descumprimento é de R$ 100 mil por dia. Cabe recurso.
    Decisão liminar suspende anúncios do governo federal sobre a reforma da Previdência.
    Decisão liminar da 1ª Vara Federal de Porto Alegre nesta quarta-feira (15) suspende os anúncios do governo federal sobre a reforma da Previdência em todas as mídias em que vêm sendo publicados. Cabe recurso.
    A ação civil pública foi proposta por nove sindicatos do Rio Grande do Sul, que argumentam que a campanha configura publicidade enganosa, além de não informar sobre custeio e gestão das verbas da seguridade pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *