QUEDA EM REPASSE DO FPM ASSUSTA PREFEITOS. MAS ELES ESTÃO ASSUSTADOS PORQUE QUEREM

O jornal Diário da Região desta terça-feira está publicando matéria sobre a queda, em março, no valor do FPM que o governo federal repassa aos municípios. Segundo o jornal, os prefeitos da região estariam assustados com a queda.

Não deveriam! Afinal, todos os anos a arrecadação do FPM cai em março. No caso de Jales, por exemplo, o jornal registra que, segundo as previsões, nossa Prefeitura receberá R$ 1,4 milhão em março, ou 26,6% a menos que o FPM de fevereiro, que alcançou R$ 1,9 milhão.

É uma queda razoável – R$ 500 mil a menos, em época de vacas magras, faz muita falta – mas, reparando bem, menor que a queda verificada entre fevereiro e março do ano passado. Em março de 2013, o FPM de Jales ficou quase R$ 800 mil abaixo do FPM de fevereiro.

Por outro lado, mesmo se as previsões de março forem confirmadas, Jales chegará ao final do trimestre com R$ 5 milhões de FPM, ou 19% a mais que os R$ 4,2 milhões do primeiro trimestre de 2013. Um incremento bem maior que o índice da inflação, que foi de quase 6%.

Portanto, se alguém ouvir a prefeita Nice Mistilides, ou algum outro prefeito dissimulado, reclamando do FPM, melhor nem levar em consideração. O que eles precisam mesmo, é aplicar melhor o dinheiro arrecadado. 

2 comentários

  • FPM

    Correto blogueiro.

    Os prefeitos precisam entender que o repasse é anual,e deve ser planejado os gastos no orçamento a cada mês. Verá que em 2013 houve um aumento em relação ao ano de 2012, e ainda, em abril de 2014, a Presidenta Dilma repassará 1% aos cofres municipais – um “plus”. onde e como gastar? só a (in)responsabilidade dos Executores -vai para a folha de pagamento, certamente.

  • O Esclarecedor

    Quanto mais arrecadação, mais festa de peão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *