SANTA CASA DE JALES PRECISA DE VOLUNTÁRIOS PARA DIGITAR NOTA FISCAL PAULISTA

O apelo é da assessoria de imprensa da Santa Casa:

IMG_20140710_080950438Desde julho de 2009 a Santa Casa em parceria com a Associação Comercial e Industrial, realiza a campanha de captação de Nota Fiscal Paulista, cujo objetivo é arrecadar fundos junto ao Governo do estado, por meio da colaboração da população através das notas fiscais. Estes documentos fiscais são digitados na conta da instituição, que recebe anualmente um valor significativo que é utilizado para custeio do hospital. 

Para agilizar o trabalho nesse setor, a Santa Casa está recorrendo ao voluntariado e solicita a colaboração de pessoas que tenham interesse em efetuar o cadastramento da nota fiscal, que pode ser realizada na própria instituição em horário comercial ou mesmo em casa, de acordo com a preferência de cada um. 

Os interessados devem procurar o Setor de Comunicação, que irá agendar com a coordenadora de voluntários, Aparecida da Cruz Garcia, no qual ela realizará o preenchimento de um cadastro e então será encaminhado para o setor de Nota Fiscal, onde os funcionários farão a devida orientação de como fazer o cadastramento. Lembrando que estudantes que viajam no ônibus da prefeitura, também, podem realizar a digitação de notas, é um trabalho social e voluntário, no qual pode ser emitido certificado. 

De acordo com o provedor, José Pedro Venturini, a Santa Casa só sobrevive com a ajuda incansável da população e a Nota Fiscal Paulista é uma das formas de poder contar com a participação das pessoas. “Convidamos todos os interessados a participarem da digitação das notas, é simples, fácil, só é necessário doar o seu tempo para o hospital. Quanto mais notas digitadas, maiores serão os recursos financeiros. Desde já agradecemos a solidariedade e o comprometimento de todos que puderem nos ajudar”.

Cerca de 200 caixinhas identificadas ‘Santa Casa’ estão espalhadas por todo o comércio, que disponibiliza um espaço visível para que o cliente efetue a doação. Adverte-se que essas notas fiscais não podem ter o CPF do comprador, e que depositadas nas urnas, são recolhidas diariamente, separadas pelos voluntários e digitadas no cadastro da Santa Casa por colaboradores da instituição. Mais informações entrar em contato pelo telefone 3622-5007, falar com Caroline.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *