SAÚDE RECEBE ÔNIBUS ADQUIRIDOS COM RECURSOS DA CÂMARA

A notícia é da assessoria de imprensa da Câmara:

Na manhã de sábado (17), foram entregues à Secretaria de Saúde dois ônibus, adquiridos com recursos da Câmara Municipal, referentes à devolução do duodécimo não utilizado em 2017.

Além do valor a que o Legislativo teria direito, mas pela economia que fez não solicitou o repasse, ao final de cada ano, a Câmara devolve à Prefeitura os valores referentes aos recursos não utilizados. 

Em 2017, ficaram nos cofres do Poder Executivo cerca de R$ 3 milhões. Foram ainda restituídos à Prefeitura R$ 183 mil e parte dessa quantia, a pedido dos vereadores, foi utilizada pela Prefeitura para a aquisição de dois ônibus para o setor de saúde. 

Os ônibus vão beneficiar cerca de 1,6 mil pessoas que viajam a São José do Rio Preto todos os meses para passar por tratamentos de saúde. Para os vereadores, os novos ônibus vão melhorar as condições de transporte: “Acredito que esses novos veículos vão tornar as viagens mais amenas, seguras e confortáveis para esses pacientes”, afirmou o presidente da Câmara, Vagner Selis – Pintinho.

Pintinho destacou que a economia se deu através do trabalho dos vereadores e dos funcionários, que utilizaram somente os recursos necessários para a boa condução dos trabalhos do Legislativo: “A Câmara Municipal de Jales sempre se pautou por uma gestão responsável, pela economia e pelo uso correto do dinheiro público, ao final do ano passado, conseguiu devolver um montante suficiente para a aquisição desses ônibus”.

O presidente também falou sobre a importância do bom relacionamento entre Câmara e Prefeitura para a cidade de Jales: “Os Poderes Executivo e Legislativo não precisam fazer uma política de conflito, e sim, uma política pautada pela organização, ética, transparência e legalidade. Dessa forma, podemos cultivar um relacionamento amistoso e, principalmente, proporcionar melhorias ao nosso município”, completou Pintinho.

Os vereadores Fábio Kazuto (PSB), João Zanetoni (PSB), Tiago Abra (PP), Adalberto Francisco de Oliveira Filho – Chico do Cartório (MDB), Bismark Kuwakino (PSDB), Vanderley Vieira – Deley (PPS), Nivaldo Batista de Oliveira – Tiquinho (PSD), Luiz Henrique Viotto – Macetão (PP), Claudecir dos Santos – Tupete (DEM), o prefeito Flavio Prandi, o vice José Devanir Rodrigues – Garça e a presidente do Fundo Social, Glauciane Franco, acompanharam a entrega dos veículos. 

17 comentários

  • Observador

    Os ônibus tem ar condicionado?

    • Refinado

      Quer mordomia compra um carro e não vai com o ônibus

      • Morador de Jales

        Pelo visto o Sr nunca precisou usar um ônibus municipal
        Um doente acordar às 3 da manhã viajar pra ir ao médico merece o mínimo de conforto que hj se faz necessário um ar condicionado.
        Vc deve ser um desses riquinhos métodos a besta q se acha dono do mundo, qndo na realidade e um merda criado pela sociedade capitalista e como muitos nessa cidade anda com carro financiado e devendo no banco , recolha a sua insignificância seu idiota, que não conhece as dificuldades da vida

        • Refinado

          Não sou riquinho e ando com uma motinha cg125
          Nem ar em casa eu tenho, apenas um ventilador de chão.
          Ar é mordomia sim! A necessidade de um adoentado é o transporte de urgencia!

  • "SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO"

    ESQUECERAM DE FALAR QUE OS BUSÃO É USADO!!

  • Pintinho deu o seu recado

    O presidente da Câmara disse : “os Poderes Executivo e Legislativo não precisam fazer uma política de conflito”. Desta forma, ele disse que quando eles votarem um pedido ou uma lei, certamente, já foi discutido internamente entre eles e não haverá brigas.
    Foi o que aconteceu na votação do aumento do IPTU, quando foi aprovado em unanimidade, sem discussão.
    Quando disse : “Dessa forma, podemos cultivar um relacionamento amistoso e, principalmente, proporcionar melhorias ao nosso município”.
    Certamente ele deu o recado de que se nós queremos uma cidade melhor, vamos pagar (um IPTU) mais caro.
    Certamente, foi um recado aos críticos que dizem que temos uma câmara de vereadores muito fraca.
    Disse, entre linhas, aquela camara que brigava e xingava. Acabou!!!!

  • Observador

    Quem usa os ônibus são pessoas pobres,não tem carro.
    É obrigação do município dar transporte de qualidade mesmo porque paga os impostos e caro.
    Mordomias é quando vai passear isso é necessidade.

  • Observador

    As pessoas que usam esse transporte são pessoas debilitadas e idosas 70 -80 anos.
    E saem 3.30hs 4hs com retorno só a noite merecem conforto sim.
    Eu penso no próximo.

    • Oscar

      Não da ouvido para esse Refinado babaca aí não ! Um cara desse nunca entrou em um ônibus para ir e vir de Barretos aqui no meio do dia, com 35 graus de temperatura e com as janelas abertas entrando aquele cheiro horrível de embreagem. Para de defender o óbvio.

  • SOCAPIMCANELE

    Segundo colhi junto a pessoa credenciada no assunto, qualquer ambiente fechado com ar condicionado, a probabilidade de bactérias é muito mais prejudicial a saúde das pessoas, neste caso, dos passageiros, inclusive, problemas para os acompanhantes, sai de sua casa bom, e corre o risco de voltar doente.
    Um detalhe também que esta passando despercebido, os ônibus não possuem banheiros, porque ?.
    O município hoje não dispõe de local adequado para o descarte desses dejetos, somente o Expresso Itamarati tem local adequado, mas é para os seus veículos.
    Mas os veículos no trajeto de Jales a Río Preto, tem uma parada em cantina adequada, e na volta a mesma situação.
    Taí a informação.

    • Oscar

      Essa pessoa que te passou esta informação está totalmente enganada ! Para seu conhecimento e desse que se diz credenciada ao assunto o Hospital do Câncer e a Santa Casa são com ambientes climatizados, quer ambiente mais propicio para contrair uma bactéria do que nesses locais ?

      • SOCAPIMCANELE

        Caro amigo, e o que seria infecção hospitalar ?.
        Já viu uma limpeza de ar condicionado residencial ?.
        Já viu a limpeza de um ar condicionado de veículo ?.
        Eu já vi, é sujeira pura que sai daquelas telas.
        Então o que a pessoa me disse, justifica.
        Agora, quanto ao conforto, sem discussão.

  • Junior

    Bom, vamos lá. Fugindo um pouco de polêmicas que poderam surgir, haja vista outros comentários e respostas acima, não tenho acessibilidade a classe alta, muito menos frequento lugares de alta classe, sou da classe trabalhadora, que tenta a todo custo, suadamente ganhar o sustento do mês! Tenho veículo razoavelmente bom, com ar condionado, porém não acho que seja tão imprescindível esta comodidade, deixemos isso de lado. Sou da classe entendida, que sabe reconhecer quando trabalham e sei quando nao trabalham também. Deve-se enfatizar que o atual presidente da Câmara Municipal, está fazendo um bom trabalho sim, pois em tempos difíceis, ao qual estamos passando, conseguir uma proeza desta, não é pra qualquer um não.. mesmo tendo ou não ar condionado, só de ter algo bom e gratuito para locomoção ate estas cidades ja esta ótimo, uma vez que, a doença nos escolhe em momentos difíceis e no momento em que mais não temos condições de gastar elas aparecem. Quero aqui de ante mão agradecer ao Vereador Pintinho, dizer que valeu a pena ter depositado meu voto de confiança em você, te conhecia como pessoa, mas hoje como figura pública, esta sobressaindo aos demais, por sua honestidade e hombridade. Continue firme em seu propósito, lute ate o fim por esta população que já está cansada de tantas mentiras e promeças vazias, o Jalesense não se cala diante das adversidades, porém ele precisa de representatividade. Conte comigo sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *