SECRETÁRIA DE MEIO AMBIENTE DESMENTE ERRADICAÇÃO RADICAL DE ÁRVORES DA PRAÇA ‘EUPHLY JALLES’

A Secretaria de Comunicação publicou no Youtube, há pouco, um vídeo com os secretários Niltinho Suetugo (Planejamento) e Sílvia Avelhaneda (Agricultura e Meio Ambiente) explicando a reforma da praça “Euphly Jalles”.

O assunto veio à baila em virtude de protesto da advogada Alzira Mara, que criticou um suposto corte de 40 árvores da praça. Alzira sugere que a Prefeitura estaria cometendo um crime ambiental e acusou o Ministério Público de estar sendo conivente. Ela está ameaçando protocolar representação contra todos os envolvidos, incluindo prefeito, secretários, arquitetas responsáveis pelo projeto e até o promotor do Meio Ambiente.

A informação de que seriam erradicadas 40 árvores foi desmentida pela secretária Sílvia e também pelo engenheiro Tadeu Calvoso Paulon, uma das vozes mais respeitadas da região nas questões ambientais. Eis o vídeo:

14 comentários

  • Deu até policia

    Alguém sabe me dizer alguma coisa sobre um vereador ter chamou a policia para uma senhora deficiente física la no Dercilio ontem?

  • RETIRAR MESMO

    PRÁ AJUDAR, APARECE POUCOS, AGORA PRÁ ATRAPALHAR, MEU AMIGO……..
    E TERIA QUE CORTAR TODAS MESMO, ESTÃO VELHAS, SÓ SERVINDO PARA ANDORINHAS POUSAREM ALI, E ENCHER DE MERDA OS VEÍCULOS QUE ALI ESTACIONAM, PRINCIPALMENTE ÀQUELAS QUE FAZEM FRENTE PARA O TNT.

  • Josias Pereira

    Essa Alzira MALA precisa achar o que fazer e não ficar enchendo o
    saco das autoridades, que já não aguentam mais essa MALA sem alça.
    Ela não foi saber como será implantado o projeto e já saiu detonando tudo,
    será necessários retirar algumas poucas árvores, mas MUITAS outras serão
    plantadas e a praça que está feia, ficará BONITA para orgulho de todos que
    AMAM nossa cidade.
    Essa moça é uma recalcada, fracassada, ninguém gosta dela, pergunta p
    os vizinhos dela, acho que nem a família .

    • Anônimo

      A Constituição Federal (BRASIL, 1988) em seu artigo 5°, inciso IX dispõe: “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”.

      Mas é preciso moderação.

      Art. 927 do Código Civil diz: Aquele que, por ato ilícito (arts. 186 e 187), causar dano a outrem, fica obrigado a repará-lo.

      Cuidado jovem.

    • Josué Soares Júnior

      Também acho!!!

  • Anônimo

    Existem árvores e coqueiros raros ali na praça.

    A Prefeitura ou o engenheiro ambiental contratado (Sr. Matheus Henrique Robete), devem ficar atentos a essas espécies.

    Do mais, é preciso ver quais serão as PLANTADAS durante a reforma.

    Enfim, aguardemos.

  • mil meu com mil teu

    se fosse com o parini, ja estava tudo derrubado.

  • Jalesense

    Vamos aguardar o resultado da reforma da praça.A lanchonete velha do Olices já foi para um lugar novo.
    Chance de fazer umas lanchonetes de alvenaria, mas vamos aguardar.

  • Fra de chinelin

    https://www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br/verdeazuldigital/pontuacoes/ e a pontuação de Jales no município Verde Azul no quesito arborização urbana por dois anos é 0,0, coincidência ou este povo da secretaria de meio ambiente estadual São uns desavisados! Será que vão desmentir estes números fazer um circo com está colocação! Vergonha Jalesense!

  • Eu

    Por falar em meio ambiente Jales ficou bem na classificação selo Azul e Verde.
    355………..tá bom???????

  • Esta é Alzira Mara e seus cachorrinhos

    A advogada Alzira Mara já pediu a intervenção das Forças Armadas no governo federal e estendeu faixa pedindo a volta do regime militar. Ela utilizou a tribuna da câmara de vereadores para falar “em nome dos que não tem voz, os animais” e, ao mesmo tempo, fazer uma declaração de guerra ao poder público.
    Alzira denunciou a inércia da administração municipal na questão dos animais errantes – cachorros e gatos – que perambulam pelas nossas ruas, sem a devida atenção do poder público. Em dezembro/16, ela fez um pedido para que o Ministério Público e a Justiça determinem o imediato bloqueio dos R$ 100 mil. Ela estava prometendo inclusive denunciar a administração por crime de improbidade administrativa, caso a Prefeitura insistisse em investir o dinheiro na decoração natalina. Ela fez um pedido junto ao Ministério Público para que o dinheiro da decoração natalina seja revertido para castração de animais.
    Edmilson Lázaro propôs na justiça para que Alzira deixasse de criar animais ao lado do seu estabelecimento, a Multicar Veículos.
    Ela coletou mais de 2.000 assinaturas contra o corte das árvores para construir a “Estação Sesi de Cultura”. Como vocês se lembram, a Câmara aprovou a doação de uma área nos fundos do Terminal Rodoviário para a instalação da tal “Estação”. Protocolou uma representação no Ministério Público.
    Isto é um pouco que conhecemos da advogada. Esse protesto é característica da advogada que criticou um suposto corte de 40 árvores da praça.

    • Funcionário Comunista

      Não adianta chorar a verdade sempre aparece, Jales umas das piores cidades do estado no quesito arborização URBANA! Nota zero durante dois anos seguidos e sabe o que o Prefake fez??? Nada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *