SEM PRECONCEITO, ALEXANDRE E EUCLIDES OFICIALIZAM UNIÃO HOMOAFETIVA

147422428257dee09a8dc25

O Alexandre (Alemão) eu conheço desde criança, já que os pais dele, Valdir e Vera, trabalharam no bar da AABB nos anos 80. E o Euclides eu conheci quando trabalhei na Secretaria de Educação. A notícia é do Jornal de Jales:

Alexandre Giovani Cordioli, 41 anos, funcionário do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jales e Região,  e Euclides Alexandre Carvalho, 27 anos, inspetor de alunos em escola municipal e cabeleireiro, resolveram romper as barreiras do preconceito.

Eles revelaram ao Jornal de Jales que estão há quase nove anos juntos, dos quais três anos e meio dividindo o mesmo teto.

A oficialização desse relacionamento homoafetivo se deu às claras, com direito a comemoração na Chácara Por do  Sol, na presença de familiares e amigos.

A entrevista completa do Alexandre e do Euclides ao JJ pode ser lida aqui.

17 comentários

  • O CENSURADO

    Uau, essa noticia mudou minha vida.

  • que sejam felizes para sempre, conheço o alemão ha tempos, gente boa. mais amor menos guerra. cada um é dono se sua propria vida e ninguem tem nada com isso.

  • Geroma.

    Que maravilha! Felicidades.

  • amiga

    Parabéns pra vcs isso e amor Alemão vcs merece . vcs merecedor dessa prova , passar por um câncer e e susto no coração e prova de De Deus que merece ser Felizes.que sejam muitos felizes isso que importa nessa vida

  • das antiga

    E pensar que anos e anos atras ele fechou uma zona pra ele e amigos….

  • Censurado Il

    Não sei pq tornar público essa união, a vida é deles, mas assim como a mídia em geral, não vejo a necessidade dessa divulgação toda, temos que rever nossos conceitos de família.

  • Clube do Ipê

    Eu tava nessa farra….kkkkkkk.

  • Alessandro Martins Prado

    São ações como essa, que, da coragem e da dignidade, principalmente deste casal, assim como de seus familiares e até amigos, de demonstrar que o amor deve naturalmente prevalecer mesmo em uma sociedade doente, hipócrita, repleta de pessoas que, se, simplesmente, gastassem suas energias cuidando da insignificância de suas próprias vidas em vez da vida alheia, já contribuiriam para um mundo melhor. São ações assim que demonstram que o amor prevalecendo, vencendo preconceitos estúpidos, o mundo pode se tornar melhor para se viver. Assim, é digno dos mais calorosos votos de respeito e comemoração o que o casal Alexandre e Euclides fizeram, pois provaram que o amor pode vencer mesmo nesta sociedade hipócrita e doente, repleta de pessoas que cuidam da vida alheia quando deveriam simplesmente cuidar da própria vida e assim também fazer um mundo melhor. Parabéns Alexandre e Euclides!! Parabéns aos seus pais!! seus familiares por toda a dignidade de vocês, assim como parabéns aos seus amigos.

  • helio

    Cada um tem seu direito de fazer o que quizer, pra mim isso e’ ridiculo .

  • arduino lavrini

    Da maneira que o alessandro martins prado vangloria o casal, e se revolta contra a sociedade ele deve ter uma porrada de baitolas na familia.

  • Alessandro Martins Prado

    Hipócritas sempre são covardes e se escondem nas sombras, razão pela qual precisamos de ações como essas. Geralmente essas pessoas não possuem condição de discernimento cognitivo para compreender a importância disso e essa é a razão de não termos uma sociedade perfeita e precisarmos de ter Advogados, Juízes, Promotores de Justiça, Polícia Militar, Investigadores de Polícia, etc.
    O sujeito não tem nem a dignidade de colocar o nome dele quando faz um comentário ou uma crítica. Geralmente os mais hipócritas são os mais cretinos, preconceituosos e covardes mesmo. Não imaginam que, caso alguém resolva processar na justiça, nas esferas cíveis e criminais, esses apelidos utilizados para esconderem sua insignificância e covardia não o livrarão do devido processo legal e de responder no poder judiciário por ofensas a quem quer que seja. Hipócritas geralmente sempre são covardes e se escondem nas sombras.

  • ze'

    Cada um pode expressar oque pensa, so porque alguem expresso o que pensa , o outro acha que pode processar, e o direito nao existe, nao achei que o comentario do Arduino foi tao discriminatorio…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *