SOBRE A ENTREVISTA DE PEDRO CALLADO AO JORNAL DE JALES

Somente hoje, depois de um final de semana um pouco atribulado, pude  entregar-me a uma leitura mais atenta do Jornal de Jales, coisa que faço com estremecida devoção – sempre aos domingos – há, no mínimo, uns 35 anos.

Moderno que sou, fui logo ao segundo caderno, onde fiquei sabendo que a nossa ex-primeira-dama, Rose Parini, está aniversariando hoje, e onde pude, também, deleitar-me com a coluna da Luiza Elizabeth, cujo título, neste domingo, foi inspirado em uma linda canção – “Bilhete” – da dupla Ivan Lins-Vítor Martins.

Depois, fui ao primeiro caderno, onde, depois de ler as gracinhas do Fabinho Fiorani, parei na entrevista do nosso vice-prefeito e presidente da Facip 2013, Pedro Callado. De tudo, me chamaram a atenção dois trechos da resposta sobre eventuais prejuízos que a festa possa apresentar. Ei-los:

“Da mesma forma como nos anos anteriores, desde a primeira Facip, sempre foi a Prefeitura a responsável por qualquer prejuízo que pudesse ocorrer. Neste ano de 2013 não vai ser diferente”

“Por fim, é preciso esclarecer que nos balancetes das festas anteriores que estão arquivados na Prefeitura não há um que aponte prejuízo financeiro. Todos os balancetes anteriores apontam para superávit financeiro.”

Data vênia, permito-me discordar de dois pontos. Primeiro: oficialmente, a nossa Prefeitura nunca assumiu a responsabilidade por prejuízos. Tanto que, em certa ocasião, os empresários Balim Rossafa e Pedro Pupim pagaram, do próprio bolso, os prejuízos de uma Facip presidida por eles.

É claro que, extraoficialmente, a Prefeitura acabou arcando com os prejuízos de algumas festas. Numa delas, a de 1997, houve a comprovada  utilização de notas “frias”. Noutra, a de 2008, o rombo de mais de R$ 200 mil também foi coberto de maneira – digamos assim – pouco usual. Coisas que Callado não faria.

Segundo: os balancetes nunca apontaram prejuízo porque muitos deles foram “maquiados”. Um desses balancetes – de uma Facip presidida pelo ex-vereador Sílvio Cintra – ficou para a história: ele foi tão bem elaborado que as receitas e as despesas ficaram iguais até na vírgula. Sem um único centavo de lucro ou de prejuízo!

De qualquer forma, otimista que sou, guardo em mim a convicção de que – conduzida por uma Comissão séria e competente, como essa que está  nomeada pela prefeita Nice – a Facip 2013 vai chegar ao seu final sem prejuízos e sem  precisar recorrer a firulas contábeis.      

16 comentários

  • Anônimo

    A noticia do dia novo cheffe de gabinete da fazenda municipal foi empossado hoje e o senhor Morio. contador de profissao dono do escritorio de contabilidade Modelo. sua principal funcao fiscalizar a licitacao a tributacao e os Auditores Fiscais.

  • E-leitor

    Calado não faria, mas quem é o tesoureiro?

  • AMIGO DA NICE

    Atitude de um grande cara de pau para o sr. ENTIDADE fazer essas declarações da facip…muito se sabe que a facip a cada ano anda para tras onde a maioria do povo quer festa e de boa qualidade..ate prefere pagar, mais não colocando dinheiro publico…é facil fazer uma facip onde a prefeitura banca com o prejuizo…pode chover, fazer frio que a prefeitura é costa larga, tem dinheiro para custear..sou morador de jales a anos e achava que esse tipo de festa não voltaria mais..o CALADO devia tem CALADO mesmo a boca ..foi cara de pau ,pois quero ver quem tem peito de bancar o prejuizo igual já fizeram…ainda mesmo sendo festa desse modelo arcaico e politizado..fica a minha indignação pois jales vai mudas messmooo, e para pior, quero ver o sr. ENTIDADE pedir premios para o rodeio…vai ter que recorrer como já estão fazendo para o JASPION e o empresario MOLA,pois mandam na prefeita. o prestigio do sr. MOLA é tanto que porque não deu um lugarzinho para o amigo HILARIO? SOU DO BEM …AMO JALES..

  • Anônimo

    Blogueiro, parabéns pelo texto!

  • Pastor ungido concorrente do Silas Malafaia

    Cade o show Gospel?Quero ver meu rebanho ouvindo hinos?Votei na prefeita achando que ia ter?E o rodeio vai pra quem?Disseram que ela ia parar de ter rodeio para os animais não sofrerem cade?

  • Bolo de Aniversário

    Ele adorava canetar os outros, agora Dr. Calado é o senhor que tem que aguentar as canetadas.Se não chora tá.Acorda Jales. kikiik

  • eu

    a verdade é unica,a cidade esta parada no tempo,e creio que não deve mudar muita coisa não,e falando em facip acho que este ano a coisa vai desandar, quem tem que fazer festa desse tipo,é quem já tem uma certa experiencia ,não amadores,vc liga na prefeitura p/ ter informações como questão de pagamento de mesas e camarotes ninguem tem uma resposta concreta….acorda jales

  • SILAS MALAFAIA

    CARO DR PEDRO FIQUEI TRISTE COM SUA DECLARAÇÃO,POIS NELA MOSTRA A TOTAL FALTA DE COMPROMETIMENTO DA ADMINISTRAÇÃO COM RELAÇÃO AO DINHEIRO DA POPULAÇÃO DE JALES.É MUITO SIMPLES DIZER SE ALGO DER PREJUÍZO QUEM PAGA É A PREFEITURA.ONDE SE VIU O NOSSO DINHEIRO PRA PAGAR PREJUÍZO DE FESTA DE PEÃO,ERA MELHOR TER DADO ESTA PORCARIA PARA O BEXIGA TOCAR,ASSIM A RESPONSABILIDADE É DELE.

  • zezao

    cardosinho bom dia gostaria de saber o que pode dar prejuizo na facip para nossa prefeitura?

  • Anônimo

    Espera um poco…
    Então o Dr. Pedro não sabia que o Pupim/Balim pagaram os prejuizos da Facip do bolso?
    Que o Bolinha também pagou?
    Não sabia? Onde ele vivia naquela época?

    Ahh!! Sabia sim, como a grande maioria dos cidadãos jalesenses sabiam.

    Se sabia…e agora? Tá mentindo?
    O que é mentira na entrevista?
    “A prefeitura sempre foi responsável por qualquer prejuizo”
    “Os balancetes apontam superavit”
    O que é isso? É conversa pra boi dormir? Ou é a farra do boi?

    O QUE QUE TA ACONTENDOOO????

  • eleitor consciente

    É LAMENTÁVEL, TRISTE E ABSURDO, SE OCORRER PREJUÍZO, O MESMO SERÁ SALDADO COM DINHEIRO DO ERÁRIO PÚBLICO. NÃO ESPERAVA OUVIR ISSO DO VICE-PREFEITO. INFELIZMENTE É A REALIDADE.´JÁ PENSOU, UTILIZAR O DINHEIRO QUE SERÁ “DE CARA” INVESTIDO NAS OBRAS DE MELHORIAS E ADEQUAÇÃO DO RECINTO DA FACIP, DIGA-SE DE PASSAGEM, MESMO NÃO SENDO O IMÓVEL DE PROPRIEDADE DO MUNICÍPIO, INVESTIR ESSE VALOR, QUE NÃO SERÁ POUCO DINHEIRO EM ASFALTO, SAÚDE, TRÂNSITO E UMA INFINIDADE DE NECESSIDADES QUE TEM O NOSSO MUNICÍPIO? ACREDITO QUE HAVERÁ DOS SENHORES VEREADORES, BEM COMO DO MINISTÉRIO PÚBLICO UMA FISCALIZAÇÃO ACIRRADA.

  • Anônimo

    É a farra do boi.

  • RESPEITADO

    JÁ ESTOU SABENDO QUE O JASPION E O SR MOLA NAO ESTÃO CONSEGUINDO NENHUMA DOAÇÃO, AI RECORRERAM PELO PUPIM, BALIM, VENTURINI, EDIMILSON, CANDEO, BIGONGA (CANALICE), VADÃO, SEMENGANA (SÓ PRA FERNANDÓPOLIS), CARLÃO (SÓ PRA VOTUPORANGA), ETC. PARA CONSEGUIREM ALGUM PREMIO PRA FACIP.

  • Jales de coração

    O sr entidade està fazendo de bobo ” nunca deu prejuízo a facip é pra rir agora ou mais tarde ” ele ta espertinho , pois o dele na reta né. Se der prejú quer que a prefeitura paga , ele que paga , ta pensando que é moleza …………………..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *