SOBRE GALINHAS

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

Não é só em Jales que as galinhas geraram discussões. Em Muzambinho – a terra natal do Milton Neves – nas Minas Gerais, o problema foi a proibição das galináceas, conforme se vê no vídeo acima. E a imagem abaixo mostra a manchete divulgada pelo site Região Noroeste.

galinhas

Interessante lembrar que, em julho de 2014, o juiz José Geraldo Nóbrega Curitiba, da 3ª Vara aqui de Jales, determinou – através de medida liminar – que um morador desse fim à criação de galinhas que ele mantinha em sua casa, na zona urbana. Na decisão, o juiz ressaltou que a criação de galinhas na área urbana é expressamente proibida.

O juiz justificou a concessão da liminar, citando o risco de transmissão e propagação de doenças que podem ser causadas pela criação de galinhas, como a leishmaniose, que é transmitida pelo mosquito palha, muito comum em galinheiros. Na ocasião, o juiz deu 15 dias para o morador retirar as galinhas da zona urbana, sob pena de multa diária de até R$ 5 mil.

A liminar foi solicitada pela Prefeitura. Antes, porém, de recorrer à Justiça, a municipalidade tentou convencer o morador, através de notificações e multas, a transferir sua criação de galinhas para fora do perímetro urbano. Segundo a argumentação oferecida pela Prefeitura, uma criação de galinhas é o local ideal para o mosquito palha, transmissor da leishmaniose, se proliferar. Àquela altura, pelo menos quadro mortes por leishmaniose já tinham sido registradas em Jales.

Em 2004, a fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgou o resultado de uma pesquisa que revelou que o risco de contrair a doença é até quatro vezes maior entre crianças que vivem em casas com criação de galinhas ou porcos.

3 comentários

  • Pintinho e os pintainhos

    Certamente o meu amigo e vereador Pintinho percebeu a bobagem que fez, em propor a aprovação desta lei — por absoluta falta de experiencia — pois essa lei não passará porem é um fato polemico
    A cidade não vai encher de até 3 galinhas e até 5 pintainhos, em seu quintais devido a aprovação da lei pois poucos moradores querem criar galinaceos, em seu quintal.
    Certamente que tem escorpião em casa vai ter que arrumar um outro jeito de mata-lo talvez com inseticida, não sei?

  • Fora Rede Globo

    Os vereadores estão absolutamente certos em transformar Jales num imenso galinheiro. Estão colaborando com a ponte para o futuro do grande presidente Temer. Criar galinha é solução genial para combater a crise que aí está. Omelete no almoço e no jantar. A coisa vai ficar tão feia que, além do galinheiro, o brasileiro vai ter que plantar horta no quintal, cozinhar galinha em fogão à lenha, tomar banho de bacia e cagar em privada de buraco. A vida vai ser dura também pros ricos. Eles não vão ter dinheiro pra trocar a hilux todos os anos, E o pior: vão ter que criar tilápia na piscina. Parabéns senhores vereadores pela inteligentíssima iniciativa.

  • A galinha tem mil e uma utilidades,além de produzir ovos e os pintainhos,serve pra iniciar sexualmente a molecada.Não sei se configura crime,mas é muito comum esse tipo de iniciação.Enquanto a menina sonha com a primeira transa,o homem se perde com a primeira galinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *