UM COMENTÁRIO SOBRE O COMÉRCIO

O cancelamento da chamada “Feirinha da Madrugada” suscitou comentários favoráveis e contrários. Pessoalmente, acho que os dois lados têm lá suas razões. O caso motivou, também, uma discussão sobre a atuação do nosso comércio, com opiniões diversas, como essa que recebi hoje e que, por interessante, reproduzo abaixo:

 Alguém 27 julho 2013 às 9:43   

Acho que a solução aos preços abusivos é o boicote. Hoje não se acha sapatos por menos de 100,00 reais nas lojas de Jales. Ou o preço está muito alto ou eu é que sou muito pobre, pois enquanto acho caro, vejo as lojas lotadas todos os dias da semana e as pessoas pagam sem reclamar.

Por isso compro o mínimo no comércio local, o que posso, compro pela internet. E uma coisa é fato, o comportamento de alguns cidadãos muito similar às vilinhas próximas: a pessoa pode se prejudicar com certas decisões dos governantes municipais, mas permanece lá, fiel à eles.

Mas acho que fidelidade é diferente de ser conivente com ações que prejudiquem a maioria da população e, temos de convir que tudo o que acontece nesta cidade, assim como no resto do país, é com o intuito de atender aos interesses de uma minoria que acha que é influente.

Acho que os produtos tanto dos comerciantes locais. quanto dos comerciantes da feirinha da madrugada vieram do mesmo lugar, a qualidade portanto é a mesma. Opto pelo menor preço, já que as decisões dos governantes municipais atende ao próprio umbigo, vou atender ao meu bolso de pobre e escolher o menor preço.

16 comentários

  • Elis

    Acho o comentario muito pertinente.Essa pessoa tem razão,vários comerciantes aqui de Jales ,revendem produtos de SP E Paraguai.A ACIJ não fiscaliza isso né!? Agora é muito fácil ganhar dinheiro assim: compra barato e sem nota e nós pagamos o pato!! Boicote aos comerciantes de jales….eu apoio!

  • Anônimo

    As pessoas de Jales pensaram pouco. A tal feirinha movimentaria a cidade, o que irá acontecer agora em Fernandópolis. Muitas pessoas já comentaram que irão lá fazerem suas compras quem vai ganhar mais uma vez é Fernandópolis.

  • EP

    Gostei muito do paragrafo que diz: Mas acho que fidelidade é diferente de ser conivente com ações que prejudiquem a maioria da população, e temos que convir que
    que tudo que acontece nesta cidade. assim com no resto do país, é com intuito de atender aos interesses de uma minoria que acha que é influente.Isto vale pra todos os casos que estão dependendo da administração olhar o coletivo.

  • Jose

    Se não vai vir pra Jales pq eses 3 dias ia quebrar o comércio, então vai quebrar do mesmo jeito, pq todo mundo que ia comprar aqui vai comprar em Fernandópolis, ou seja, Jales só perde. E podem apostar que vai estar cheio de comerciantes lá comprando, alguém quer apostar???

  • Eduardo

    A facilidade de compras hoje pela inteternet sem pegar filas e ainda com preços bem abaixo vai fazer o consumidor Jalesense a mudar seu hábitos de compra constantemente como é necessário e natural.Eu mesmo faço quase 100% pelas internet, como roupas, sapatos em geral, eletroeletronicos, entre outros, pois se vende de tudo hoje internet.Quando minhas Filhas foram construir a casa delas aqui em Jales a primeira ideia já foi realizar um orçamento em material de construção fora de Jales e veja bem no desconto obtido, 70% mais baixo do que pagaria aqui.Ma em média nas minhas compra que faço de vez em quando chega sempre a existir descontos de 50% a 70% e maximo 80%, então digo pra que comprar coisas caras no nosso comercio e ainda por cima pagar o dobro do que se poderia gastar em outras coisas.

  • Lelito

    Se os comerciantes de Jales acham que uma feirinha pode prejudicar substancialmente as lojas, imagina então quando abrir o shoping de Votuporanga?!
    Deveriam sim estar preocupados em modernizar a estética e a aparência das lojas e as ruas do centro, em melhorar os preços e o atendimento.
    Acho que está na hora de abandonar a velha mentalidade de ter lucro de 500% sem oferecer nada em troca.

  • Fabiana

    Lendo esses comentários percebo o quanto as pessoas estão mais conscientes, principalmente no que diz respeito a valorizar seu “suado” dinheirinho. Eu já tomei minha decisão. Quando a gente não é respeitado, temos uma arma poderosa e simples: NÃO COMPRAR. Afinal, quem precisa de quem? Se não valorizam um comprador, por ter aparência de pobretão, que vendam menos e não reclamem. Tem certos lugares aqui em Jales que dá nojo de ver como bajulam os ricos e se esquecem que pobre também é gente, e talvez, muitos sejam melhores pagadores que muita gente que vive de aparência.

  • indignado

    eles , não deixam fazer feirinha aqui eu vou lá em Fernandópolis no dia 1 ao dia 4…..na casa de Portugal………jales o c… do mundo mesmo!!!!!

  • Mari

    Pois é…
    Aqui em Jales é bem complicado a questão “comércio”.
    É notório e sabido que MUITAS, mas MUITAS lojas revendem produtos falsificados, roupas compradas no Brás e Bom Retiro em SP a preço de banana e revendidos aqui por preços EXTREMAMENTE absurdos e pior: vendidos como produtos originais ou como se tivessem passado no padrão de qualidade da marca.
    A população compra e “pagam” de bacana na praça comendo lanche. Fora o péssimo atendimento da maioria da lojas. Por essas e outras que Jales não vai pra frente.

  • General

    SR. CARDOSINHO,alerta geral aos comeciantes e politicos o gigante que se atende por POVO ACORDOU,PESSÍMO ATENDIMENTO,PREÇOS ABUSIVOS,PROMOÇÕES MANIPULADAS,MUITAS MERCADORIAS VINDA DO PARAQUAI SEM NOTA,e muitas vezes nos engana dizendo é produto de primeira linha,e qto ao presidente da associação comercial porque não se preocupa em liberar entradas de outros mercados em jales em vez de ficar dificultando, ou será que existe alguma manipulação do proença e sakashita nesses impedimentos e qto a D+ porque não interveio perdemos empregos e renda para o municipio,VAMOS AS COMPRAS EM FERNADOPOLIS.

  • Janaina Siqueira

    Quando será em Fernandópolis?? E onde

  • Marcelo O IMPERADOR!

    ATENÇÃO COMERCIANTE DE FERNANDÓPOLIS, MOBILIZEM-SEM NÃO DEIXEM QUE ESTE COMÉRCIO ILEGAL E IMORAL CHEGUEM AÍ EM SUA CIDADE. VOCÊS SABEM O QUANTO É DIFÍCIL PAGAR SEUS IMPOSTOS ABUSIVOS, E MANTER SUAS EMPRESAS.

  • Justiceiro

    Um dos motivos dos comerciantes barrarem a “feirinha” da madrugada aqui em Jales, é nada mesmo,o medo desse pessoal que compram na feirinha em São Paulo,no Braz, e José Paulino para revenderem aqui e com certeza os clientes reconhecerão esses produtos e a qualidade dos mesmo, e quanto na realidade eles custam. É isso ae pessoal, me informaram por fontes fidedignas que quem esta puchando a fila para a proibição da feirinha e nada menos que uma comerciante famosa, que é cliente dessas que acontecem la em São Paulo. E isso ae Jales vamos todos para Fernandopolis.

  • joao

    Sempre tive a sensação que apenas o Proença e Sacashita é pouco para atender com qualidade e preço justo a macro região de jales, sempre tem filas e as vezes promoções enganosas.Seria justo que mais supermercados deste porte se instalassem em Jales.

  • ANONIMO.....

    bora la minha gente para fernandopolis.

  • ANONIMO.....

    se tiver pessoas do comercio de jales, fazendo compra na feirinha tira foto pessoal…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *