UM POUQUINHO DE ALGUMAS COISAS

As sessões da Câmara de Jales, por força da lei eleitoral, não mais serão transmitidas pelo rádio, até a realização das eleições, em outubro. Por sinal, hoje será realizada a última sessão com transmissão. Na pauta, um requerimento que questiona o suposto pagamento de R$ 40 mil a uma empresa que teria prestado serviços à Prefeitura, sem contrato.

A prefeita Nice Mistilides andou se reunindo com o presidente do PT local, professor Luís Especiato. O assunto, segundo fontes, foi a aprovação do projeto do chamado Refis. Tudo indica, no entanto, que Especiato não dará palpite nos votos dos vereadores petistas, Luís Rosalino e Pérola.

Por falar em Refis, o supersecretário Aldo José Nunes de Sá e a secretária de Administração, Fátima Araújo, reuniram-se ontem, segunda-feira, com o presidente do Sindicato dos Servidores, José Luiz Francisco. Tema da reunião: as portarias cortadas no início do ano.

Só pode ser piada! Corre por aí um certo zum-zum dando conta de que a prefeita Nice Mistilides estaria pensando em lançar uma chapa de oposição nas eleições para o Sindicato dos Servidores. O objetivo, segundo os rumores, é tão-somente meter uma pressão no presidente José Luiz.

O Tribunal de Contas deu 15 dias para a prefeita Nice informar quais as providências tomadas por ela com relação à apuração de responsabilidades pela assinatura de um contrato entre a Prefeitura de Jales e a Nossa Caixa Nosso Banco. O TCE está cobrando a abertura de uma sindicância interna para investigar se houve prejuízo ao erário.

O contrato foi considerado irregular pelo TCE, uma vez que não foi antecedido de licitação. Ele foi assinado em 2006, pelo ex-prefeito Humberto Parini, que vendeu à Nossa Caixa a exclusividade no processamento da folha de pagamento dos servidores. O valor do contrato era de R$ 800 mil, por cinco anos. Em 2007, ele foi rescindido e boa parte do dinheiro devolvido à Nossa Caixa.   

5 comentários

  • Anônimo

    Quem seria o candidado a Presidente da chapa?

  • EU E ELE

    Que serviço foi prestado para Jales que custou 40 mil. Até agora nada mudou em Jales
    Será que a Ungida esta aprendendo a ser Humilde para o bem da cidade
    Em Jales vale mais ser Mal Pagador do que Bom Pagador.Por que? Depois a Ungida e os Vereadores aprovam o REFIS.
    OBS: Jalesenses vamos deixar para pagar os Impostos só o ano que vem. Depois de aprovado o REFIS novamente.
    A UNGIDA tá mesmo variando não elege nem guarda de quarteirão. Só queria ver. Ela não tem Coragem de formar uma Chapa para enfrentar o atual Presidente do Sindicato. Vai ser uma Lavada.Tenta Ungida.
    Ungida vai dormir que teu mal é sono, por causa das viagens e das festas de peão.
    Por Favor Paga o Rombo da Casa das Crianças.

    • Anônimo

      Pra viajar e festejar maia um pouco. Kkkkkkkk. E viver com o dinheiro público mais dois anos. Kkkkkk. E gastar mal nosso departamento dinheiro. Kkkkkkm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *