UM POUQUINHO DE ALGUMAS COISAS

A Justiça de Jales concedeu liminar aos irmãos Macetão – Luiz Henrique e André Ricardo Viotto – em ação contra a Universidade Brasil, de Fernandópolis. A decisão do juiz Fernando Antônio de Lima determina que a Universidade autorize a rematrícula dos dois rapazes no curso de Medicina e se abstenha de cobrar as mensalidades em aberto até que seja julgado o mérito da ação.

Como o blog já noticiou, os dois irmãos recorreram à Justiça contra a cobrança integral das mensalidades por parte da Universidade. Como já são formados em Fisioterapia, Luiz Henrique e André Ricardo ficaram dispensados de algumas matérias – Anatomia, Histologia, Fisiologia, Embriologia e Patologia – o que dá a eles o direito a um desconto no valor das mensalidades. Ele alegam já ter pago R$ 40 mil a mais, cada um.

Não foram só alguns órgãos de imprensa que receberam, pelos Correios, a denúncia sobre o caso de estelionato ocorrido no Instituto Municipal de Previdência. Sabe-se que cópias do boletim de ocorrências e de outros documentos chegaram, ainda na semana passada, a alguns gabinetes estrelados. O presidente da Câmara, Tiquinho, por exemplo, foi um dos destinatários do calhamaço.

Rápido no gatilho, Tiquinho tratou de, na quinta-feira, 21, protocolar um requerimento questionando o superintendente do Instituto, Claudir Balestrero, sobre o assunto. O requerimento será discutido na sessão da Câmara desta segunda-feira e, certamente, servirá de mote para críticas à administração municipal. Enquanto isso, nos bastidores políticos, a grande discussão é sobre quem seria o anônimo autor da denúncia. O misterioso “Senhor X” não economizou dinheiro com xerox.

Na sessão de hoje, os vereadores jalesenses deverão discutir, também, dois projetos do vereador Macetão que preveem isenções de tributos a alguns contribuintes. Um dos projetos saídos do saco de bondades de Macetão isenta portadores de câncer do pagamento de IPTU. E o outro isenta idosos e aposentados com mais de 60 anos do pagamento da Contribuição para Custeio da Iluminação Pública, a famigerada CIP.

Falando em CIP, a Prefeitura publicou, na semana passada, decreto do prefeito Flá Prandi que mantém inalterados os valores da contribuição para 2020. Há quem garanta, porém, que, de acordo com os reajustes da ANEEL para a iluminação pública, os valores cobrados em Jales deveriam ser reduzidos. Atualmente, os valores são: R$ 8,25 (imóveis residenciais), R$ 16,49 (terrenos vagos) e R$ 28,08 (imóveis comerciais e industriais). Neste ano, a CIP já arrecadou cerca de R$ 2,8 milhões.

Corre na cidade um boato dando conta de que o ex-vereador Jediel Zacarias está se afastando da presidência do MDB de Jales. O motivo, segundo as matildes: Jediel, que não foi muito prestigiado pelo governo Flá, estaria contrariado com a disposição do partido em renovar a aliança com atual prefeito para as eleições de 2020.

3 comentários

  • Anônimo

    Sobre o calhamaço do Instituto de Previdência. É sinal de que a campanha para as Eleições 2020 já começaram.
    E pelo visto, o nível será o mesmo do pré sal.

  • KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Corre na cidade um boato dando conta de que o ex-vereador Jediel Zacarias está se afastando da presidência do MDB de Jales. O motivo, segundo as matildes: Jediel, que não foi muito prestigiado pelo governo Flá, estaria contrariado com a disposição do partido em renovar a aliança com atual prefeito para as eleições de 2020.

    EM OUTRAS PALAVRAS:
    Corre na cidade um boato dando conta de que o ex-vereador Jediel Zacarias está se afastando da presidência do MDB de Jales. O motivo, segundo as matildes: Jediel, que não TEVE BOQUINHA/TETA no governo Flá, estaria contrariado com a disposição do partido em renovar a aliança com atual prefeito para as eleições de 2020, ASSIM COMO DIVERSOS OUTROS FIGURÕES DESSA CIDADE!

    É ISSO MESMO! FLÁ É CRITICADO POR QUEM N]ÃO TEVE BOQUINHA!!!

  • Admirador

    O tiko e o téko! kkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *