UM POUQUINHO DE ALGUMAS COISAS

O ex-prefeito Humberto Parini e a empresa Anísio Miotto Eventos foram condenados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) a devolver, juntos, R$ 80 mil ao Ministério do Turismo. Mas não é só: na mesma decisão o TCU condenou Parini a devolver, sozinho, outros R$ 120 mil. Como castigo complementar, o ex-prefeito ainda terá que pagar uma multa de R$ 40 mil.

A encrenca se refere à Facip 2010, realizada entre 14 e 18 de abril daquele ano. O TCU considerou que a prestação de contas referente à contratação da banda Roupa Nova – que fez o último show daquela Facip, por R$ 80 mil  – contém irregularidades. Curiosamente, as prestações de contas relativas aos outros dois shows – Luan Santana e Fernando & Sorocaba – também contratados com dinheiro do Ministério do Turismo mas intermediados por outras duas empresas, foram julgadas regulares. A empresa Anísio Miotto Eventos, que intermediou a contratação do Roupa Nova, está recorrendo.

Apenas uma empresa participou da licitação para execução da reforma da praça “Euphly Jalles”, realizada na sexta-feira, 20. Já se sabia, desde a véspera, que não haveria muita disputa pela obra, estimada em R$ 1,6 milhão. É que até a quinta-feira, 19, último prazo para que as empresas interessadas fizessem a visita técnica obrigatória ao local da obra, apenas duas empreiteiras – uma de Jales e a outra de Paranapuã – tinham cumprido a exigência. No final das contas, somente a empresa de Jales – a Max Construções Ltda – confirmou o interesse.

Circulam nos bastidores políticos, boatos dando conta de que a deputada Analice Fernandes – que manda e desmanda no PSDB de Jales – teria desautorizado o ingresso do ex-vereador Jediel Zacarias no partido. Não se sabe qual motivo teria levado Analice a vetar o pouso de Jediel no ninho tucano, mas especula-se que ela considera que o ex-presidente do MDB é muito ligado ao beijoqueiro Itamar Borges.

Assessores do prefeito Flá Prandi suspeitam que por trás da ação popular ajuizada pelo vereador Macetão, com o objetivo de paralisar as obras contratadas com o empréstimo de R$ 11 milhões, tem alguma mão de gato. Segundo eles, um dos indícios de que Macetão estaria sujeitando-se ao papel de laranja, seria o fato de sua advogada ser do Paraná. Uma pesquisa no site do TJ-SP mostra que a única ação patrocinada pela advogada no Estado de São Paulo é a de Macetão.

Os protestos de alguns pais de alunos, contrariados com a adesão da EE “Dom Artur Horsthuis” ao Programa de Ensino Integral (PEI), não deverão obter nenhuma repercussão. Um deles disse ao jornal A Tribuna que tentou criar um grupo de pais insurgentes no whatsapp, mas não obteve sucesso. E, contrariando as informações de que muitos pais estão transferindo seus filhos para outras escolas, o “Dom Artur” teria recebido, até a sexta-feira passada, apenas dois pedidos de transferência de alunos.

O prefeito Flá Prandi está convicto de que – não obstante a defecção do ex-presidente do MDB, Jediel Zacarias, e as críticas da nova presidente, Marynilda Cavenaghi – a maioria dos emedebistas locais, inclusive os tradicionais “manda-brasas”, irá apoiar sua reeleição. De outro lado, fontes palacianas garantem que o vice-prefeito Garça e o andar de cima do MDB – leia-se, deputados Itamar Borges e Baleia Rossi, este último o presidente nacional do partido – não ficaram nada felizes com a rebeldia de Marynilda revelada ao jornal A Tribuna.

4 comentários

  • mimimi

    TENHO ALGUNS AMIGOS QUE SÃO POLÍTICOS, E NENHUM POLITICO CONSIDERO MEU AMIGO.
    SÓ QUE……………………………………………………………….
    ””’A MAIORIA DOS POLITICO””’ SÃO UM BANDO DE VERMES QUE APROVEITAM DOS NECESSITADOS PARA SOBREVIVER OU ENRIQUECER

  • Petista Arrependido

    Esse tal de Humberto Parini deveria ser varrido da vida política da cidade. Tem tantos processos,tantas multas e tantas condenação que qualquer pronunciamento dele deveria ser solenemente ignorado.

  • Hugo Garcia

    A Max construções fez um excelente trabalho na reforma dos banheiros do comboio. Espero que execute também na praça Dr. Euphly Jalles. Afinal, Cardosinho, você teve acesso ao projeto final da praça? A Prefeitura não iria mostrar para os munícipes em uma audiência?
    Ouvi muito zum zum zum a respeito e não sei afinal, se irão seguir o projeto elaborado pelas arquitetas a risca.
    A única coisa que foi divulgada até então, é a planta original, que ficou belíssima. Nessa planta tem um grandioso palco, porém ouvi dizer que ele não seria construido mais. E aí, blogueiro, tem notícias?
    Ah, aproveitando de sua bondade, onde os lancheiros ficarão durante a reforma?

  • Rivardo

    Jales abandonada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *