VACINA CONTRA COVID CHEGA AO LAR DOS VELHINHOS DE JALES

A jornalista Caroline Guzzo está morando nas Minas Gerais, mas continua colaborando com o Lar dos Velhinhos de Jales. A notícia abaixo nos foi enviada por ela:

O respiro um pouco mais aliviado chegou, no fim de janeiro, para os idosos e funcionários do Lar dos Velhinhos São Vicente de Paulo de Jales, ao receberem a primeira dose da vacina contra Covid-19.

O Ministério da Saúde definiu diversos critérios para priorizar os grupos mais vulneráveis ao contágio pelo coronavírus, e os que vivem em ILPI – Instituição de Longa Permanência de Idosos, estavam entre os beneficiados, assim como os profissionais da saúde que atuam na linha de frente.

A imunização contou com a ajuda da equipe Epidemiológica, Secretaria Municipal de Saúde, colaboradores da UBS Dr. Shiguero Kitayama e a Prefeitura Municipal de Jales. Ao todo, 93 pessoas receberam a vacina, sendo 34 funcionários e 59 idosos, a segunda dose está prevista para abril.

Para comemorar essa primeira etapa e a ausência de contágio entre idosos e colaboradores do lar, foi realizado um momento de oração e agradecimento a Deus, bem como um ato simbólico com a soltura de balões.

“Sempre tivemos a preocupação e o cuidado com nossos idosos. Todos os funcionários seguem rigidamente as medidas preventivas e dessa maneira conseguimos evitar o perigo. Estávamos ansiosos por esse momento e ficamos imensamente felizes, porém sabemos ainda da nossa responsabilidade, por isso os cuidados continuam”, ressaltou o gerente administrativo, Antonio Claudio Francisco.

3 comentários

  • Caroline Guzzo

    Meu caro amigo Cardosinho, você sempre compartilhando e fazendo bem. Parabéns pelo trabalho. Agradeço pela divulgação, moro em Minas, mas meu coraçãozinho também fica em São Paulo. Saudades. Abraços.

  • Farra da vacina

    Cardosinho, informações sérias dão conta que estão recebendo a vacina profissionais de academias (educadores físicos, secretárias, entre outros), em completa distorção das regras de prioridade, pois os educadores físicos que teriam prioridade são aqueles atuantes em órgãos de saúde do município… mas abriram a porteira e o pessoal está aproveitando.
    E dado o volume de vacinados, seria possível apurar se a Secretaria Municipal de Saúde está reservando as doses suficientes para a segunda aplicação, como recomendou a Secretaria Estadual de Saúde, ou se estão contando com o ovo na cloaca da galinha? Segundo li, a segunda dose de coronavac deve ser aplicada em intervalo máximo de 28 dias, aqui agendaram a segunda aplicação 21 dias depois da primeira, mas pelo ritmo de produção do Butantã, quem fez a aposta de esgotar os estoques para aplicar a primeira dose no maior número de pessoas vai ter sérios problemas pra receber um novo lote de vacinas antes dos 28 dias de intervalo máximo

  • Cardosinho o palmeiras ficou no disputadíssimo 4.o lugar do. Mundial.
    Agora está entre os 15 no ranking da FIFA. Entre o XV de Jaú e o XV de Piracicaba. Vale ressaltar que o time trouxe do Catar o troféu Bola Murcha, b como seus principais jogadores ganharam a medalha Perna de Pau.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *