ZONA ELEITORAL DE JALES PERDE QUATRO MUNICÍPIOS. TRIBUNAL CRIA ZONA ELEITORAL EM URÂNIA

DSC00282

A placa acima, que adorna o Cartório Eleitoral de Jales, terá que ser trocada.

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) aprovou, em sessão realizada na terça-feira (15), a Resolução nº 413/2017, que dispõe sobre a reorganização da primeira instância da Justiça Eleitoral no Estado (rezoneamento) determinada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No Oeste Paulista, as mudanças afetam o funcionamento da Justiça Eleitoral em algumas cidades.

As alterações afetam diretamente a 152ª Zona Eleitoral de Jales, com a criação da Zona Eleitoral de Urânia, à qual estarão vinculados, além do município sede, os municípios de Aspásia e Santa Salete.

As perdas da Zona Eleitoral de Jales não se limitam, no entanto, aos três municípios – Urânia, Aspásia e Santa Salete – que formarão a nova Z.E. Nós vamos perder, também, o nosso ex-distrito de Vitória Brasil, que passará a integrar a Zona Eleitoral de Estrela D’Oeste.

Com o rezoneamento, a 152ª Zona Eleitoral ficará com seis municípios: Dirce Reis, Jales, Mesópolis, Paranapuã, Pontalinda e Santa Albertina.

Na região, foram extintas as zonas eleitorais de General Salgado (168ª) e Palestina (231ª), incorporadas, respectivamente às zonas eleitorais de Auriflama (225ª) e Cardoso (224ª).

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *