GILMAR E DE SORDI, CAMPEÕES MUNDIAIS DE FUTEBOL, MORREM NESTE FINAL DE SEMANA

seleção 1958

A foto acima é do segundo jogo de Pelé, então com 18 anos, em uma Copa do Mundo. Nas duas extremidades da foto, de pé, os campeões mundiais Nílton De Sordi e Gilmar dos Santos Neves. O jogo foi contra País de Gales. O Brasil ganhou de um a zero, gol de Pelé.

O final de semana teve grandes perdas para o futebol brasileiro. Gilmar dos Santos Neves e Nílton De Sordi, dois campeões mundiais pela seleção brasileira na Copa de 1958 faleceram.

No sábado, o ex-lateral-direito Nilton De Sordi, então com 82 anos, não resistiu após ficar 15 dias internado em um hospital em Londrina. O ex jogador sofria há anos com Mal de Parkinson. 

De Sordi ganhou destaque defendendo clubes paulistas como o XV de Piracicaba e principalmente o São Paulo, onde jogou de 1952 e 1966. Durante a Copa de 1958, De Sordi foi o titular da lateral direita nas cinco primeiras partidas, mas ficou de fora da final por conta de uma contusão.

Já Gilmar dos Santos Neves faleceu hoje, também após dias de internação, em decorrência de infecção urinária e infarto.

O ex-goleiro já havia sofrido um acidente vascular cerebral (AVC) em 2000 e teve o estado de saúde agravado por uma infecção sistêmica. Gilmar até hoje é considerado um dos principais ídolos do Corinthians e também do Santos, onde venceu duas Libertadores, dois Mundiais de Clubes e cinco taças do Campeonato Brasileiro. Pela Seleção Brasileira, disputou as Copas do Mundo em 1958, junto com De Sordi, em 1962 e 1966. 

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *