ÍNDICE DE CRIMINALIDADE CAI DURANTE REALIZAÇÃO DOS JOGOS REGIONAIS EM JALES

Por interessante, reproduzo, abaixo, o artigo escrito pelo delegado José da Cruz Almeida, que está respondendo, interinamente, pela Delegacia Seccional de Jales. O que aconteceu em Jales, durante os Jogos, reafirma a tese de que o esporte ajuda a combater a criminalidade. Vamos ao artigo:

Durante o período dos Jogos Regionais (05 a 16 de julho) houve queda no índice de criminalidade em Jales

            Eis aí a confirmação da máxima pronunciada pelo grande atleta ROGÉRIO SAMPAIO, medalhista olímpico e embaixador dos jogos regionais em Jales. Em sua fala na abertura dos Jogos Regionais, na quadra do Jales Clube, disse que o esporte auxilia a sociedade em diversos e importantes segmentos, como na Saúde, Educação e até na Segurança Pública.

          Pois bem, no período dos Jogos Regionais, a Polícia Civil registrou 73 boletins de ocorrências, enquanto que no mesmo período do ano passado, no qual não houve evento dessa envergadura, foram 88 registros, ou seja, mesmo com uma população bem maior (só de atletas 7.000 pessoas a mais na cidade, sem contar os diversos torcedores de outras cidades) foram 15 registros a menos neste ano.

          As ocorrências de maior incidência de modo geral, em face da tranquilidade local, são pequenos furtos, lesões corporais (culposas, via de regra acidentes de trânsito e dolosas, comumente agressões), ameaças e registros de outros fatos não criminais de importância para os cidadãos protegerem seus direitos. Apenas exemplificativamente, no período em questão, ano de 2010, foram registrados pela Polícia Civil 25 furtos contra 11 neste ano; 09 lesões corporais dolosas e 02 roubos ano passado e neste 05 e 01, respectivamente.

          Especificamente relacionado aos Jogos, direta ou indiretamente, envolvendo alguém do público ou de alguma delegação, foram registradas apenas 04 ocorrências e todos sobre delitos de menor potencial ofensivo (injúria, ameaça e vias de fato). A Policia Civil distribuiu cerca de 450 cartilhas (conselhos e dicas) contendo várias orientações práticas sobre importantes assuntos, a exemplo de “como proteger o seu veículo e evitar assaltos”; “cuidados com o seu cartão de crédito/bancário”; “proteja-se contra ações de estelionatários e defenda seu patrimônio e principalmente sua vida”.

          Os investigadores da Seccional, Tunussi e Fernando, durante todo o período, além de promoverem rondas especializadas em locais estratégicos, passavam sempre nos alojamentos dos atletas, conversavam e orientavam os monitores e se colocavam à disposição para qualquer trabalho afeto à segurança. É evidente que as polícias (civil e militar) fizeram suas vezes disponibilizando o máximo de suas capacidades operacionais para proporcionar máxima segurança e tranquilidade.

          A comissão organizadora dos Jogos também foi de grande valia face a experiência e competência de muitos, a imprensa e vários outros órgãos foram de importância fundamental, no entanto, sem dúvida nenhuma, o próprio esporte em si forneceu a parcela mais significativa de contribuição para que reinasse a harmonia e a paz. Com os agradecimentos da Polícia Civil Jalesense, PARABÉNS A TODOS!

José da Cruz Almeida – Delegado de Polícia

3 comentários

  • Anônimo

    Cardosinho, hoje uma moça que vinha vindo aqui para o JACB de moto caiu quando passou pela rua de principal acesso ao bairro, logo depois do trevo por causa das pedrinhas soltas na rua deixadas pelo recapeamento. Não tinha nenhuma sinalização que indicava o perigo aos usuários da via, o que provocou esse lamentável acidente. Vieram o SAMU e o Bombeiro para socorrer a moça que se machucou bastante. Procure se informar se teve alguma consequencia mais grave, se for possível.

  • JURANDIR

    PENSEI QUE A CRIMINALIDADE SÓ DIMINUÍA QUANDO O CURÍNTIA JOGA!! KAKAKAKAKAKAKA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *