ALAGOAS: PRIMEIRA-DAMA ACUSADA DE DESVIO DE VERBA DA MERENDA É SOLTA

A notícia foi divulgada pelo portal Terra Brasil, neste sábado:

A primeira-dama da cidade de Limoeiro de Anadia, no agreste alagoano, Heloísa Maria Cruz Ferro é a primeira beneficiada com habeas-corpus, concedido pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da Quinta Região, com sede no Recife, após o início da Operação Mascotch, da Polícia Federal.

Ela é uma das cinco primeiras-damas acusadas de desviar R$ 8 milhões da merenda escolar para a compra de uísque, caixas de vinho, ração para cachorro e uma boneca. As compras eram feitas com notas frias, em supermercados que ganhavam a licitação para aquisição dos gêneros alimentícios, em pregões com registros de irregularidades.

Heloísa Maria Cruz Ferro é mulher do prefeito James Marlan. A PF investiga a participação do chefe do Executivo Municipal na trama. “A prisão da minha cliente venceria no domingo. O TRF entendeu que não havia mais motivos para ela permanecer presa por já ter sido ouvida”, disse o advogado da primeira-dama, Felipe Marques de Luna.

Entre os argumentos utilizados pelo advogado, a primeira-dama estaria amamentando seu filho, de menos de um ano. “Usamos este argumento, mas o TRF não levou em conta isso. Este argumento não prevaleceu”, disse. De acordo com o advogado, outras pessoas foram beneficiadas pela medida, mas ele não entrou em detahes sobre o assunto.

Além das cinco primeiras-damas, a Operação Mascotch prendeu  secretários municipais, acusados de desviar R$ 8 milhões da merenda escolar.  A Procuradoria da República analisa a documentação apreendida para descobrir se o dinheiro também foi usado por prefeitos, para a compra de carros de luxo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *