ALUNO DA EE “DOM ARTHUR” ENTRE CAMPEÕES DA 33a. OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA

A notícia está sendo distribuída pela assessoria de comunicação da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo e me foi enviada por uma amiga. Dêem uma olhada:

Três alunos de 9º ano de escolas estaduais conquistaram medalhas de prata na 33ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM). Dentre os 190 mil estudantes do Ensino Fundamental ao Médio de todo o país, apenas 212 participantes receberam medalhas ou menção honrosa.

Medalhistas do nível 2, de 8º a 9ºano do Ensino Fundamental, Bruno Eidi Nishimoto, de Jales, Lucas Mioranci, de São José do Rio Preto, e Mateus Bezrutchka, de Taboão da Serra, receberão o prêmio e o certificado em janeiro, em data a ser marcada. Além disso, serão convidados a participar do processo de seleção para formar as equipes que representarão o Brasil em olimpíadas internacionais de matemática.

“Pretendo participar da seleção e representar o país”, conta Bruno Eidi Nishimoto, aluno do 9º ano da Escola Estadual Dom Artur Horsthuis, localizada em Jales. Aos 14 anos, o filho de agricultor já tem uma medalha de prata na OBM, conquistada em 2011. Para 2012, o plano é começar o Ensino Médio na mesma escola estadual onde conclui o Ensino Fundamental e seguir se dedicando à matemática.

Na casa de Lucas Mioranci, apenas o jovem medalhista de 15 anos gosta de matemática. “Estudava todo o dia à tarde depois da aula”, diz Lucas, aluno da Escola Estadual Victor Britto Bastos, em São José do Rio Preto, desde o 6º ano. Atualmente terminando o 9º ano, o adolescente pretende buscar o ensino técnico em 2012.

Para Mateus Bezrutchka, que cursa o 9º ano na Escola Estadual Silvia Aparecida dos Santos, localizada em Taboão da Serra, tomar a decisão de integrar a olimpíada foi fácil. “Eu gosto de matemática e gosto de ganhar medalha, então resolvi participar”, relata o adolescente de 15 anos. Assim como os outros dois estudantes, Lucas contou com o apoio do Programa de Preparação Especial para Olimpíadas, oferecido aos vencedores da Olimpíada Brasileira de Matemática para Escolas Públicas (Obmep).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *