AOS 38 ANOS, GORILA IDI AMIM PERDE A VIRGINDADE

À falta de notícias sobre o nosso premiado estadista, vejam o que eu achei no portal Hoje em Dia, de Belo Horizonte:

Depois de 27 anos de isolamento, o gorila Idi Amin, de 38, uma das principais atrações do Jardim Zoológico de Belo Horizonte, não perdeu tempo. No primeiro contato físico que teve com as fêmeas Imbi e Kifta, ambas de 11 anos e vindas da Inglaterra, o primata perdeu a virgindade. “Num primeiro momento, a reação do Idi foi mostrar que ele é o dominante. Depois, deu demonstrações de proteção às parceiras, para em seguida acasalar com a Imbi por duas vezes”, afirma a bióloga da seção de mamíferos do Zoológico, Dália Nogueira. Apenas ela e uma bióloga inglesa têm contato com as fêmeas desde que desembarcaram em BH, em 19 de agosto. 

As gorilas ficaram em regime de quarentena até a segunda-feira passada. Um dia depois, elas tiveram o primeiro contato visual com Idi, mas os três só foram colocados juntos na área de manejo da jaula dos primatas na quarta, por cerca de cinco horas, quando houve o acasalamento. “Ficamos muito surpresos, pois o Idi não tinha contato com um semelhante há muito tempo e temíamos que ele tivesse perdido a memória da convivência coletiva. Tínhamos medo, inclusive, de ele não saber cruzar”, ressalta a bióloga. 

Além do acasalamento, Idi emitiu sinais sonoros que nunca tinham sido ouvidos por seus tratadores desde que ele chegou ao Jardim Zoológico de BH, em 1975, com apenas dois anos. Chamados de vocalizações, os sinais servem, por exemplo, para que o macho demonstre domínio do espaço ou que está apaixonado.

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *