AVISO AOS NAVEGANTES

O visitante do blog, Alexandre Cordioli, mandou comentário com a explicação para um fato desagradável, cujo inteiro teor reproduzo abaixo. Aproveito a oportunidade para, mais uma vez, alertar aos comentaristas sobre os perigos das palavras mal colocadas. Como responsável pelo blog, procuro ser o mais democrático possível, pois sou adepto da liberdade de expressão.

No entanto, liberdade impõe também que se tenha responsabilidade. Infelizmente, algumas pessoas se utilizam do anonimato para ultrapassar a tênue linha que separa a crítica da irresponsabilidade ou da ofensa. Não tenho nada contra o anonimato, desde que ele seja utilizado para o debate de idéias, ou mesmo para a crítica responsável.

Àqueles que se utilizam do anonimato para ofender, um aviso: não é tão difícil assim descobrir autores de comentários. E mais: a empresa que hospeda o blog, que é de Curitiba, já recebeu alguns pedidos de identificação de IPs, encaminhados por autoridades aqui de Jales, com o objetivo de localizar os autores de alguns comentários. Portanto, muito cuidado na hora de comentar.

Voltando ao caso do Alexandre Cordioli, hoje recebi a visita do Leandro Mistilides, por sinal meu vizinho. O Leandro estava inconformado com o fato de alguém ter utilizado o nome dele para fazer alguns comentários. Não foi difícil saber de onde partiram os tais comentários. Abaixo, a explicação do Alexandre: 

alexandre cordioli
12 agosto 2011 às 14:31

Venho explicar que devido a confusão por usar um pc compartilhado o comentário que deveria ser da minha pessoa saiu com outro nome “leandro mistilides”, isso se deve por ter compartilhado o pc, então os comentários que foram enviados em nome de leandro mistilides foram enviados equivocadamente; esses comentários ficam a cargo de minha responsabilidade, Alexandre. Tudo foi esclarecido em uma conversa com o proprietário desse blog e o engano foi solucionado.

4 comentários

  • Camarada Cardosinho:
    Talvez esteja chegando o momento de iniciarmos aqui um debate que estamos travando intensamente em todo o Brasil e no mundo.
    Trata-se dos debates do Marco Civil da Internet, do Princípio da neutralidade da rede, dos conceitos de sigilo, privacidade, responsabilidade, anonimia, anonimato. São facetas deste mesmo debate o projeto do AI5 Digital (famigerado projeto Azeredo), o combate a pedofilia na net e o vigilantismo.
    Em fim, a defesa do livre tráfego de informações e da liberdade de expressão, a garantia do sigilo que muitos pretendem quebrar de forma autoritária confundindo sigilo com anonimato, liberdade de expressão com irresponsabilidade legal quanto as afirmações…
    No caso da empresa, é importante lembrar que as informações quanto aos IP’s só pode ser revelada mediate DETERMINAÇÃO JUDICIAL, à critério do Juiz competente.
    Abraço fraterno,

  • tripé

    Notícia importante e em tempo
    O espaço deve ser utilizado para o debate no campo das idéias
    Reflexão : me descupem caso tenha ofendido alguém mas apoio integralmente esta chamada de atenção do Cardosinho .
    Minha sugestão para que exista mais responsabilidade é que deixemos o anonimato a passemos a postar idéias com o nosso nome , como alguns já o fazem .

  • Isso mesmo aqui só cabe discussões que procurem dar idéias e soluçoes que tenha o intuito de ajudar e fazer uma Jales melhor para todos.

  • A Constituição, não sem motivo, veda o anonimato.

    A mesma Carta Magna garante o direito à privacidade e à livre expressão das idéias. como no caso do voto, caso em qeu sua opinião é expressa sigilosamente.

    O liame da questão está na identificabilidade, que permite a responsabilização, mas sempre sob o olhar atento do Poder Judiciário.

    Importante lembrar que o uso do perfil #fake aumenta a responsabilidade sobre o que se expressa.

    Assim, podem sim usar perfil #fake para proteção de perseguições políticas tão comuns aos coronéis.

    Mas que isto não seja feito com a indignidade daqueles que lançam calúnias em documentos apócrifos, aos quais todos combatemos.

    “Minha opinião, meu voto, eu secreto!” (@ParlatorusDiplomaticus)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *