BANCO DO BRASIL VAI FECHAR AGÊNCIAS E DEMITIR 5.000 FUNCIONÁRIOS

A notícia é do Poder360:

BB (Banco do Brasil) anunciou nesta 2ª feira (11.jan.2021) um plano de reorganização administrativa com fechamento de 361 unidades de atendimento e demissão de 5.000 funcionários. 

De acordo com a estatal, a expectativa é que seja possível economizar R$ 535 milhões em 2021 e R$ 2,7 bilhões até 2025 com as medidas adotadas. A revisão e o redimensionamento da estrutura organizacional devem ser feitas no 1º semestre deste ano.

A intenção, segundo o comunicado, é dar ganhos de eficiência e otimização em 870 pontos de atendimento no país. No saldo, o banco terá 347 agências a menos.

O número de agências caiu 19,7% e o de funcionários recuou 8,5% em 5 anos.

Das 361 unidades que serão fechadas, 112 são agências. O Banco do Brasil vai converter 243 agências em postos de atendimento. Outros 8 postos vão ser transformados em agências.

Há também encerramento de atividades em 242 postos de atendimento e 7 escritórios.

Em relação ao programa de demissão, o BB aprovou o PAQ (Programa de Adequação de Quadros) para otimizar a distribuição da força de trabalho e equacionar situações de vagas e excessos. Vai viabilizar também o PDE (Programa de Desligamento Extraordinário).

O número final de adesões e os impactos financeiros serão divulgados em 5 de fevereiro.

De acordo com o BB, a reorganização da rede de atendimento serve para se adequar ao novo perfil e comportamento dos clientes. Haverá revisão e redimensionamento nas diretorias, áreas de apoio e rede. As medidas servem para privilegiar a especialização do atendimento e ampliação da oferta de soluções digitais.

“Com as medidas, o BB expande sua capacidade de assessoramento gerenciado aos clientes, ampliando o relacionamento e os negócios e potencializando a satisfação e a fidelização”, afirmou o documento.

7 comentários

  • Guedes : "Então tem que vender essa porra logo”.

    Certamente, o ministro Guedes está “enxugando” o banco para privatizar. Para privatizar, o banco está inchado. O país está quebrado. Quer vender as estatais como os correios e o BB, por enquanto.
    O governo federal tem muitos (5) bancos: a Caixa, o BNDES, os Bancos da Amazônia e do Nordeste. BB não é banco só do governo. Tem 51% das ações.
    Desmonte do Banco do Brasil é compromisso de Guedes. Ele quer entregar aquilo que prometeu ao mercado (nas eleições de 2018).
    Porem, nos últimos cinco anos, o BB já vem se preparando para a privatização, Já eliminou mais de 17 mil postos de trabalho. No mesmo período, fechou 1.058 agências. Enquanto isso, teve acréscimo de 9,5 milhões de clientes.
    De janeiro a setembro, obteve lucro líquido de R$ 10,2 bilhões.
    Ainda quer vender!!! kkkkkk

  • FAISKA

    Perfeito.
    Precisa desinchar a herança deixada pela esquerda corruPTa!

    • PT e Bolsonaro juntos

      Faiska
      Falando em PT, o partido está unindo ao Bolsonaro para apoiar o candidato do Alcolumbre, ao senado, o Rodrigo Pacheco.
      Que vergonha!

  • PT e MDB voltaram

    O PT vai apoiar a Baleia Rossi, do MDB, na disputa pela presidência da Câmara. Enfim, o sócio do PT na roubalheira da Lava Jato voltou. Ainda com o apoio do golpista Maia do DEM.
    Mas cobra do Baleia Rossi a abertura da votação do impeachment de Bolsonaro. Tudo tem seu preço kkkkkkk
    Que vergonha!

  • Observador

    Em um raio de 40 km(Jales Sta f é)temos 5 agências.
    Precisamos tudo isso????

  • sukodilaranja@gmail.com

    O voto de 2018, além de ser o voto da morte, foi também o voto da fome, da miséria, e agora o voto do desemprego. Tudo em.nome de Deus.

  • Thiago

    Vou cantar a bola :

    Podem esperar demissões em massa, não só do banco do Brasil, mas de todos os outros grandes bancos brasileiros.

    Vejam bem : Antes da pandemia a política das agências era encaminhar seus clientes para o atendimento eletrônico, muitos ainda preferiam ir na “boca do caixa” pra realizar diversas operações, ou porque não confiavam nos terminais eletrônicos e aplicativos, ou porque não sabiam “mexer”, nem queriam aprender.

    Com a pandemia essas pessoas foram forçadas a utilizar esses canais para os mais diversas operações (transferências, pagamentos, depósitos, saques, etc…) tornando-se menos dependentes dos funcionários da agência (com certeza os bancos estão adorando essa autonomia que seus clientes conquistaram, à contragosto) .

    Quanto o atendimento normal for retomado os primeiros que vão dançar são os “caixas” e os bancos com certeza vão cortar várias outras cabeças para aumentar seus já tão exorbitantes lucros.

    Essa pandemia possibilitou aos bancos colocarem em prática o que sempre sonharam : Tirar seus clientes de dentro das agências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *