CARTÃO VERMELHO PARA OS GATOS DO CEMITÉRIO

Sexta-feira é mesmo um dia em que sempre surgem notícias surpreendentes. Na sexta passada, foi aquela reunião do nosso prefeito com os outros três mosqueteiros, onde ficou decidido um bloqueio na rodovia “Euclides da Cunha”. Hoje já fomos surpreendidos com as confissões da Michelly, a moça do BBB11. E agora nos chega, via internet, uma outra novidade igualmente espantosa. Acreditem se quiser, a notícia – ou a reclamação, sei lá! – está na página de uma tal de Agência de Notícias de Direitos Animais – ANDA. Vejam se pode:

Prefeitura de Jales (SP) despeja animais de abrigo e ordena expulsão de gatos do cemitério

Estamos em apuros aqui em Jales. A prefeitura está passando dos limites em todos os sentidos – uma das piores administrações que tivemos enquanto sonhávamos outros sonhos. O prefeito, bastante alterado, confessou a determinação expressa para a retirada dos animais e que os mesmos fossem levados para um local distante. O lugar exato não é sabido, mas, pela descrição, eles foram abandonados à beira da rodovia. Ele disse em alto e bom som: “não devo satisfações para ninguém e quem manda aqui sou eu!”.

À beira da rodovia!!?? Será que isso faz parte dessa onda de protestos pela “duplicação já!”?? Fico me perguntando quem terá enviado tão comovente texto para a tal de ANDA. Será que foi quem eu estou pensando? Bem, com certeza a primeira-dama não estava por perto quando o prefeito cometeu a frase lá de cima. E, cá entre nós, desta vez eu sou obrigado a dar razão ao nosso prefeito. Tenho dois gatos aqui em casa, e quando eles resolvem fazer farra no telhado, não há quem durma. Se bem que, pensando melhor, no cemitério eles não devem estar atrapalhando o sono de ninguém. Afinal, os moradores do nosso Campo-santo já dormem o tal do sono eterno. 

Em tempo: o atento amigo Renato César me mandou o link com a notícia completa – ou o desabafo, como queiram – sobre o infortúnio dos bichanos. Leiam aqui. Vale a pena!

2 comentários

  • Renato César Pereira

    Solucionado: no almoço de aniversário do Martini o prato principal será “filé miau”!

  • Carioca

    A frase mostra bem o que eu quis dizer com a palavra “ditadorzinho”, que foi contestada outro dia por um ex-chefe de gabinete da Secrertaria de Trânsito. “Quem manda aqui sou eu” é frase típica de Cuba, não de uma cidade que elegeu seu prefeito pelo voto direto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *