1 comentário

  • Brasil : De Fidel, Maduro, Evo Morales para Trump

    Depois de termos um presidente que gostava dos países pobres da America Latina mas da esquerda. Temos agora um brasileiro que gosta de um presidente americano.
    Bolsonaro tem espelhado as táticas do Trump ao se posicionar publicamente sobre a pandemia de Covid-19. Como seu colega americano, que desde o janeiro repete que o problema estava “sob controle”. Uma das primeira reações de Bolsonaro foi menosprezar o impacto da doença, que chamou de “gripezinha”, para tranquilizar a população.
    Ambos também acusaram a imprensa e a oposição de politizar a questão para enfraquecê-los politicamente. Por fim, Trump responsabilizou a China pela pandemia, e foi seguido pelo deputado Eduardo Bolsonaro. O episódio causou uma crise diplomática com o país asiático.
    Agora, em carta, Trump pede para americanos ficarem em casa por coronavírus. Ele desistiu de pôr Nova York sob quarentena frente à pandemia do coronavírus. Trump e Bolso apostam no Cloroquina para curar o virus. Será?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *