COM MISSAS LIBERADAS EM BRASÍLIA, 10 PADRES RECEBEM DIAGNÓSTICO DE COVID EM 20 DIAS

A notícia é do portal Metrópoles:

Desde o dia 3 de junho, o brasiliense pode frequentar cultos, missas e rituais de qualquer credo ou religião. Nessa data, eventos religiosos suspensos desde março por conta da pandemia do novo coronavírus foram liberados, por força de um decreto do governador Ibaneis Rocha (MDB).

Assim, templos de grande porte, com capacidade para mais de 200 pessoas, puderam voltar a receber os fiéis para cerimônias coletivas. Porém, casos de religiosos infectados com a doença começaram a ser registrados.

Segundo a Arquidiocese de Brasília, nos últimos 20 dias, foram confirmados 10 casos da Covid-19 entre padres da capital do país. Os dados foram atualizados na última quinta-feira (23/7).

A Igreja Católica de Brasília também registrou a morte de um de seus vigários no período. O padre João da Silva morreu vítima da doença na madrugada de quarta-feira (22/7). Ele estava internado em hospital de São José dos Campos (SP), onde recebia o tratamento contra o coronavírus, e teve complicações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *