COMERCIANTE É FALSAMENTE APONTADO COMO TARADO EM BRINCADEIRA NO WHATSAPP

Vejam se isso não é coisa de imbecil. A notícia é do R7:

Um comerciante que alega ter sido vítima de uma brincadeira de mau gosto está com medo de sair de casa em Varginha, no sul de Minas. Ele teria sido falsamente acusado de ser tarado por um conhecido e teve uma foto divulgada no aplicativo de mensagens WhatsApp. Após isso, o boato teria se espalhado pelas redes sociais.

Segundo José Renato de Oliveira, o conhecido teria publicado a foto dele em um grupo de mensagens com o seguinte texto: “Esse homem está sendo procurado por abusar de mulheres indefesas pelas ruas. Ele dá carona e abusa delas, fiquem de olho e se verem ele por aí corram ou acionem as autoridades. Urgente”.

Oliveira comprou um smartphone há duas semanas e mal sabia mexer no aparelho quando amigos e conhecidos começaram a adicioná-lo em um aplicativo de troca de mensagens. Foi então que o comerciante teve acesso à publicação falsa e ficou indignado. 

— Isso me chateou demais da conta. Eu coloco minha cabeça no travesseiro e não consigo esquecer aquilo.

Ainda segundo ele, a foto foi publicada em um grupo contendo 70 participantes e, sem saber se a informação era verdadeira, os usuários passaram a divulgar a imagem de Oliveira para outras pessoas e, rapidamente, o boato se espalhou pela cidade e até fora de casa.

— Eu tenho medo de,  uma hora ou outra, uma pessoa chegar e me espancar ou me levar preso sem eu saber e sem entender nada.

1 comentário

  • Thiago

    Algumas pessoas deveriam ser proibidas de ter acesso a internet. É um absurdo a quantidade de notícias falsas que os internautas compartilham todos os dias sem se dar ao trabalho de, ao menos, pensar um pouco a respeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *