EXÉRCITO GASTA R$ 3 MILHÕES PARA ORGANIZAR EVENTO COM BOLSONARO EM PLENA PANDEMIA

A notícia é da revista Veja:

O Exército vai gastar cerca de 3 milhões de reais com montagem de palanques para eventos em frente ao Quartel General em Brasília. Em plena pandemia de coronavírus, que já infectou 1.740 pessoas no Distrito Federal e matou 33 pessoas, o Exército manteve o calendário anual de eventos.

Estão previstas locações de pelo menos três camarotes, cada um com capacidade de 100 pessoas. Somente com filmagem feita por drones com câmeras full HD, o Exército vai gastar 229.000 reais. Um dos itens mais caros da licitação é a contratação de 84 painéis de led de alta definição, de 56 metros quadrados, por 1,2 milhão de reais.

O Exército também vai locar mobiliário decorativo, incluindo cadeiras coloniais modelo Luiz XV, tapetes persas, mesas para café e sala para banheiros químicos. Segundo o Exército, um dos eventos previstos é o Dia do Soldado, 25 de agosto, que deverá contar com a presença de Jair Bolsonaro.

6 comentários

  • SÓ JUMENTO VOTOU EM BOZONARO.,

    para aqueles que falam que bom mesmo era no tempo dos militares no comando. pelo menos agora ficamos sabendo, antes , nadica de nada,

  • O amor do exercito retorna ao Bolso! O que mudou?

    Depois que Bolsonaro disse que as Forças Armadas estão ao seu lado, no caso de impeachment. Claro! Bolsonaro deu cargo de ministros 8 generais. Arrumou emprego no governo a mais de 2 mil militares. Bolsonaro se cercou de ministros militares prevendo “ano difícil”. Certamente, Bolsonaro quer agradar a sua classe.
    Bolsonaro foi expulso do exército. Portanto não poderia ser chamado de capitão. Pois foi implicado em vários itens do regulamento disciplinar, chegando a ser indiciado como réu em processo que tramitou na justiça militar.
    Reputação de Bolsonaro no exército foi assustadora. “Canalha”; “covarde”; “contrabandista”. Assim, relatórios oficiais assustadores mostram como era a reputação de Bolsonaro no tempo em que serviu o Exército
    Um alto oficial que o conheceu 30 anos atrás afirmou que Bolsonaro odeia o Exército. Bolsonaro nunca demonstrou apreço pelo Exército, Marinha e Aeronáutica enquanto instituições de Estado.
    Mas agora mudou. Exército e Bolsonaro vão gastar 3 milhões em festa, durante pandemia.
    Que absurdo

  • Rapizodia

    Tranquilo! A economia tá bombando! Dólar controlado, bolsa refletindo o milagre econômico produzido pelos ‘bad boys’ de Chicago liderados pelo maioral Paulo Guedes. Sem contar que estamos sendo liderados pelo messias da inteligência alinhado com os pensamentos do maravilhoso guru e pensador supremo Olavo de Carvalho! Enquanto isso, o Brasil, largadinho no canto frio, faminto, sujo, olhos e nariz remelentos e sofrendo bullying de todos os que passam, mas cheio de esperança de que um dia tudo melhorará e será diferente mesmo que demore mais que 500 anos, vai dar certo, é só aguardar!

  • Patricia

    Lamentável… E tem pessoas dizendo que é fakenews essa notícia. Quase acreditei que era kkkkkkk. Mas sempre me certifico bem.

  • Observador

    Só isso???
    Se fosse os outros gastaria 10.

  • Sukodilaranja

    Tam também os 48 milhões gastos na auditoria do BNDS que não deu em nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *