FRASE

A frase abaixo é do ‘cientista político’ Roberto Gonçalves, em artigo publicado pelo Jornal de Jales, neste domingo:

“Hoje, Jales é o Jornal de Jales. Os partidos políticos são coadjuvantes, incapazes de um projeto que mobilize a cidade. Tudo começa no Jornal de Jales, passa pelo Jornal de Jales e acaba logo se o Jornal não puser a mão.”

26 comentários

  • euzinha

    Risível! Esse Roberto é um piadista.Conseguiu me fazer rir muito …kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • JURANDIR

    ESSE CARA DEVE TER FUMADO UM CIGARRINHO DO CAPETA! OU ENTÃO BEBEU QUEROSENE! KAKAKAKAKAKAKA

  • Roberto Injustus

    Meu Deus!!! O Roberto Pestinha Gonçalves endoidou! E tem um trecho onde ele chama a Luiza do CCAA de jovem. Como diria Caetano: tá tudo fora de ordem!! kkkkkkkkkkkkk

  • FLOR DE LIS

    Se Jales é o Jornal de Jales e eu tinha dúvidas de que estávamos mal, agora não tenho mais: “tamu fudido mesmo”!

  • BODE ORELHANA

    Por isso que essa cidade está uma merda.

  • BODE ORELANA

    O jornal A Tribuna do Franley está dando de goleada no Jornal da Pérola.

  • Picanopovo

    Um irmão é bruxo e o outro é idiota!!!!!!!!!!!!!

  • neusa do muro branco

    sem palavras

  • Anônimo

    QUEM É ESSE ROBERTO? ELE É DE JALES? ELE MORA EM JALES PRA FAZER TAL AFIRMAÇÃO FANTASIOSA?

  • lucenzo

    .
    .
    .
    .
    .
    .
    e ele não está certo?
    td que se faz em jales deve se pedir a benção do jj!
    jornal dos ricos e famosos!
    .
    .
    .
    .
    .

  • zÉ DAS cOVES

    Mostra que ele não conhece absolutamente nada sobre a cidade. Seus conhecimentos sobre a nossa população, o nosso cotidiano, a vida política e social estão limitados ao jornal de jales, que ele recebe lá na sua casa semanalmente.Mostra uma miopia inacreditável para quem se diz “cientista político”.
    Uma péssima forma de pagar por uma assinatura de jornal.Aqui mesmo em nossa cidade, seja na Vila União ou no Jardim Aclimação,não há uma só pessoa que concorde com as palavras do Roberto. Por um simples motivo: todos sabem que quem lê apenas o jornal de jales não fica sabendo de um terço das coisas que acontecem na cidade. Se quiserem, eu posso relacionar algumas delas, que o Deonel solenemente omite em seu jornal.
    Se o tal “cientista político” não visita Jales e só fica sabendo das notícias através do Deonel, então ele não ficou sabendo dos processos contra o prefeito, as suspeitas sobre as contas da Facip, o processo contra o Ado Amadeu, as suspeitas sobre a merenda escolar…
    O “cientista político” leu apenas a manchete”TJ concede recurso e mantem o prefeito Parini no cargo”.Mas não ficou sabendo sequer que o prefeito emitiu notas frias.
    É para gente desatualizada e caquética ou então que mora fora e mooooorre de saudade dos bons tempos que o Deonel faz jornal. Ou para os que acham que Jales é a Suíça Brasileira.
    Dizer que Jales se restringe às coisas endossadas por ele é o sonho do Deonel que assim, vai seguindo o mesmo caminho que trilhou há anos: ao lado dos poderosos da vez e longe do povo. lamento que ainda tratem o Deonel como jornalista. É um cara que se julga acima das críticas e que usa o seu jornal como instrumento de alpinismo social em detrimento da verdade. Omite os fatos para jogar chantily sobre a realidade da cidade que o adotou. A única coisa que consegue com isso é endossar os absurdos cometidos por sonegadores, ladrões e corruptos em geral. E o pior, tem um monte de pucha-sacos que elogiam ele na frente e metem o pau por trás. PAra uma cidade de covardes, o deonel tá bom demais.E o Roberto também.

  • Alexandre Ribeiro (Carioca)

    ELOGIAM NA FRENTE E METEM O PAU POR TRÁS??Que interessante isso.

  • lucenzo

    EU CONCORDO COM ROBERTO.

    NO SISTEMA DE FREIOS E CONTRAPESOS DA POLÍTICA LOCAL, O JORNAL DE JALES VEM SE MOSTRANDO UM ATOR PRESENTE. METENDO O BEDELHO EM TUDO.

    SE O JJ OPINASSE PELA SAÍDA DO ALCAIDE QUE AÍ ESTÁ, TALVEZ ELE JÁ TERIA CAÍDO.

  • modesto

    Ninguem merece isso…esse tal de Roberto não sabe nem que dia é hoje…volta pra casa esquece o nome Jales…

    …e também, quem não nasceu em nossa Jales não fale de Jales

    voltem para Casa

    • “Modesto, o Roberto Gonçalves nasceu aqui em Jales. É filho do saudoso e famoso (pela sua cultura)do farmacêutico Sr. Alfredo, conhecido como o farmacêutico surdo.O qual tenho à honra de ser neto. Eu acho que houve um momento único de lucidez no artigo do Roberto, quando ele diz:” Marco Poletto anda sumido, mais foi revelado, para sempre, pelo JJ. Como é meu sobrinho, sou suspeito para elogiá-lo, mas devo confessar que ninguém escreve como ele nessa cidade”. Quer mais lucidez do que isso. hahahahahahahaha!!!!!!!!!!!!!

  • joão tomaz

    Sou leitor do jornal de jales há mais de 20 anos, concordo com 100 % do que o Roberto escreveu.
    Para mim é uma alegria ler um jornal do interior do nivel do j.j, com colaboradores como o mestre Alcides silva a talentosa Ayne Regina, a extraordinária Luiza Elizabete, o impagavel Fabio Fiorani e, de vez enquando, nosso eterno professor David.
    Ao ler alguns comentarios sobre o texto do roberto cheguei ao uma triste conclusão:
    A inveja mata!
    João tomaz.

  • roberto bernardes

    Felizmente, Jales tem o jornal de Jales para dar um pouco de equilibrio para está cidade.

  • Jairo

    Claro que todo jornal não agrada a todos.
    Mas, penso que, com idade que tenho,reuni experiência suficiente para concluir que o jornal de jales é indispensavel.
    O Roberto Gonsalves falou e disse.

  • Lezinho

    Podem falar o que quizer,, mas que o Deonel é uma pessoa de suma importância para a cidade, isso ninguém pode negar. É uma pessoa íntegra, gostem ou não. Ninguém consegue ser unâmine agradando a todos. Sou fã do JJ, e vamos parar com essa onda de difamar as pessoas e nossas coisas! Isso é coisa de vila!

  • zÉ DAS cOVES

    LEZINHO, você está lezo (ou seria leso) mesmo, como se diz no nordeste.
    Íntegro em que, pode nos esclarecer? Como eu disse acima, o jornal de jales é um jornal antiquado, caquético que é feito para gente igual ou que mora longe e mooorre de suade dos bons tempo, achando que Jales continua igual ao que era há 20 anos.
    Falta atitude, honestidade e isenção desse jornal e se você só lê o jornal de jales também não sabe porra nenhuma sobre a nossa cidade.

    • Lezinho

      Oi “Zé das Coves” boa tarde!
      Por que vc não destila sua inveja e seu veneno direto pro Deonel pessoalmente? Vai lá na redação! Ja que você tem atitude e é tão honesto (como se fosse virtude e não obrigação ser honesto)e parece ser o “sabidão” de nossa cidade,escreva umas matérias do seu gosto (sem isenção) e solicite ao diretor pra ele colocar no JJ do próximo domingo. E que tal manter o nível e o respeito pelas opiniões dos outros sem palavras de “baixo calão”?(como se diz no nordeste talvez,sei lá).
      Boa sorte e felicidades!!

      • zÉ DAS cOVES

        As que eu escreveria com certeza ele não publicaria, Lezo.E não tem como eu ter inveja de gente decadente. Honestidade e isenção são realmente obrigação. Que, contudo, não vemos aos domingos no jornal de jales.
        “Pessoa de importância para a nossa cidade” é aquela que se coloca no seu lugar exercendo a sua função. E quer saber o que é “respeitar a opinião dos outros” de verdade? Tente escrever um texto falando mal do Parini ou da Facip, ou da Pérola e “solicite ao diretor pra ele colocar no JJ do próximo domingo” pra ver o que é. Por isso que não leio estas bostas que só servem pra embrulhar peixe ou pra forrar chão de pintor.
        Obrigado pelo “sabidão”, mas nem precisava. Basta ter uma inteligência mediana pra saber que você não sabe nada sobre jornalismo e isenção.Aliás, aposto que é um dos que só conhecem a cidade pal vista “cor de rosa” do deonel.
        É gente caquética e antiquada como você que faz dessa cidade a merda que é. O baixo calão não se restringe às palavras,mas às atitudes e realizações. Fale quantos palavrões quiser, mas faça alguma coisa que sirva pra melhorar a nossa vida. Falar bonito e não fazer nada é bem pior.
        O pior pecado do deonel é maquiar a realidade. É como o Singapura do Maluf. Por fora bela viola,por dentro pão bolorento. Se a cidade é tão linda e cor de rosa como ele faz os idiotas crerem, então não precisa de polícia, MP, políticos, ONGs, Associação Comercial…afinal, no mundo dele, a população cresce, enriquece, os empregos surgem em árvores, as empresas aparecem dos ralos, o prefeito não é corrupto, a saúde é uma beleza e a educação é de primeiro mundo.Ah, o asfalto também é liso como uma porcelana. Já viu o deonel tocar em um desses assuntos no jornal dele? Ou lá é tudo lindo como um conto de fadas? Se você acha que ele está certo,Lezo, é porque é mais lezo que pensa ou porque tem o jornal que merece. Ele tem a sua cara.
        Já viu o deonel fazer uma caridade? Atuar numa entidade assistencial? Arregaçar as mangas em uma ação comunitária?
        Florear a cidade como se fosse a Suíça brasileira é o pior crime que se comete aqui. Esconde-se os problemas pra viver da glória do passado.Além de Lezo, você é burro.Mas tem muitos como você e o jornal de jales é a prova viva disso. Mas não esqueça que qualquer enganador tem prazo limitado. Pegunte quantos são os assinantes dele e pra quantos ele entrega o jornal de graça. pergunte qual a evolução de assinantes durante os anos e quantos jornais ficam encalhados nas bancas todas as semanas. Vai ficar surpreso.

  • Canato

    Quem será o conhecido advogado???

  • cardosinho

    Uma dica, jovem Canato: ele já tem mais de 80 anos.

  • Oreia seca

    Esses comentários são prá matar qualquer um de rir.Frases dúbias e comprometedoras como”mete o pau por trás”Jornal da Pérola”( ela deve estar fazendo por onde) e a ironia do Polleto.O tal do “cientista deve mesmo estar precisando de óculos poia a Luiza Elizabeth de jovem só tem as idéias sobre sexo.O mais interessante é que todo mundo mete o pau mas nem de um lado nem de outro ninguem faz PORRA nenhuma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *