FRASE

“Essa declaração do Mourão é um retrato perfeito do que é esse governo. Não basta dizer que não existe racismo. É preciso dizer isso no dia da Consciência Negra e após o assassinato brutal de um homem. É a ignorância e a burrice aliadas à maldade e a violência”

(Do humorista Fábio Porchat sobre declaração do vice-presidente Hamilton Mourão, que disse não haver racismo no Brasil).

4 comentários

  • Sabe o que vai dar, NADA.

    A PROCEDÊNCIA DO CIDADÃO NÃO ERA TAMBÉM LÁ ESSAS COISAS, AGRESSÃO FAMILIAR, ENTRE OUTRAS COISAS, NÃO ERA BOA GENTE TAMBÉM NÃO, NÃO VAMOS AQUI GENERALIZAR, E SE FOSSE UM BRANCO, TERIA TODA ESSA REPERCUSSÃO ?, E UM DETALHE, MORRE GENTE TODOS OS DIAS, E SABE O QUE ISSO VAI DAR, COMO SEMPRE, “NADA”.

  • Mourão : Racismo ou desigualdade?

    O humorista vive dando pitacos na politica brasileira. Ganha dinheiro com isso. Já foi processado! A sua ultima, foi quando Fábio faz vídeo pelado em varanda de hotel no RJ. Fez um filme “A primeira tentação de Cristo” onde retrata Jesus como homossexual. E outras mais.
    O vice presidente teve um “dia de Bolsonaro”. kkkkk Ao afirmar que “não existe racismo, no Brasil”. Deu uma opinião pessoal. Logo o mundo caiu em sua cabeça.
    Ele explicou : “no final da década de 60. Até mais ainda. O pessoal de cor sentava atrás do ônibus, isso é racismo. Aqui não existe. Aqui, o que você pode pegar e dizer é o seguinte: existe desigualdade. Isso é uma coisa que existe no nosso país. Nós temos uma brutal desigualdade aqui. Fruto de uma série de problemas, e grande parte das pessoas de nível mais pobre, que tem menos acesso aos bens e as necessidade da sociedade moderna. São gente de cor”.
    Não acho que essa declaração do Mourão é um retrato perfeito do que é esse governo. Acho que ele tem um pouco de razão! Porchat fez uma aliança infeliz da opinião do vice com o governo.
    O assassinato de um homem que não era negro, coincidiu com dia da “Consciência Negra”. Foi filmado pelo celular e retransmitido pela tv. Virou uma bandeira das pessoas de cor. Influenciou que saíssem as ruas para protestar. Causou quebra quebra, violência, etc
    Uma violência gerando outras violências para comemorar o dia do negro.
    Lamentável

  • Augusto Massayuki Tsutiya

    Racismo ou desigualdade? E a conjunção destes dois fatores. O racismo estrutural da sociedade brasileira é consequência da desigualdade social imperante. Como alerta o historiador José Murilo de Carvalho: “José Bonifácio afirmou, em sua representação, enviada à Assembleia Constituinte de 1823, que a escravidão era um câncer que corroía nossa vida cívica e impedia à construção da nação. A desigualdade é à escravidão de hoje, o novo câncer que impede a constituição de uma sociedade democrática. A escravidão foi abolida 65 anos depois da advertência de José Bonifácio. A precária democracia não sobreviveria espera tão longa para extirpar câncer da desigualdade.“
    Assim, em consequência tem se o racismo estrutural, haja vista que a despeito da abolição da escravatura ,persiste ainda o espírito da “Casagrande e Senzala”.
    Por que não sugerir a este governo, do qual o Gal. Mourão faz parte, extirpar o câncer da desigualdade?
    Que tal começar pelo sepultamento do modelo neoliberal radical do Ministro Paulo Guedes e Bolsonaro?
    Modelo este, repudiado pelos maiores economistas da atualidade.Para citar um só, tem se Joseph Stiglitz( Prêmio Nobel de Economia-2001):”Hora de enterrar um sistema fracassado. O experimento neoliberal- impostos mais baixos para os ricos, desregulamentação dos mercados de trabalho e de produtos, financeirizacao e globalização tem sido um fracasso espetacular.(…) Depoisde décadas de renda estagnada ou mesmo em queda para aqueles abaixo dos mais ricos,o neoliberalismo deve ser declarado morto e enterrado.”
    É esta agenda que Bolsonaro nos quer impor. Não há como aceitar, sob o risco de se instaurar o estado de barbárie, que já começa a se instaurar no país.

    • Mourão : Racismo ou desigualdade? (2)

      Augusto Tsutiya
      Obrigado por vc ler o meu comentário.
      Sobre as suas indagações, eu não sei como o Mourão/governo vai extirpar o câncer da desigualdade? Se o Lula e a Dilma com o PT, ficaram lá por 14 anos. Não conseguiram!
      Não acho que existe o risco de se instaurar o estado de barbárie, e nem que já começou a se instaurar no país.
      Boa sorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *