GLOBO NEWS DEMITE JORNALISTA QUE CRITICOU PESSIMISMO DA MÍDIA

images_cms-image-000466869

O jornalista e apresentador Sidney Rezende foi demitido na sexta-feira (13) pela Globo News. O âncora é considerado um dos principais “medalhões” do canal de notícias da Globo, onde trabalhava há 18 anos. Por coincidência, no dia anterior à sua demissão, Rezende havia publicado, em seu blog, um artigo em que criticava o pessimismo dos urubólogos da imprensa e a demonização do governo.

Abaixo, na íntegra, o artigo “Chega de notícias ruins”:

Em todos os lugares que compareço para realizar minhas palestras, eu sou questionado: “Por que vocês da imprensa só dão ‘notícia ruim’?”

O questionamento por si só, tantas vezes repetido, e em lugares tão diferentes no território nacional, já deveria ser motivo de profunda reflexão por nossa categoria. Não serve a resposta padrão de que “é o que temos para hoje”. Não é verdade. Há cinismo no jornalismo, também. Embora achemos que isto só exista na profissão dos outros.

Os médicos se acham deuses. Nós temos certeza!

Há uma má vontade dos colegas que se especializaram em política e economia. A obsessão em ver no Governo o demônio, a materialização do mal, ou o porto da incompetência, está sufocando a sociedade e engessando o setor produtivo.

O “ministro” Delfim Netto, um dos mais bem humorados frasistas do Brasil, disse há poucas semanas que todos estamos tão focados em sermos “líquidos” que acabaremos “morrendo afogados”. Ele está certo.

Outro dia, Delfim estava com o braço na tipoia e eu perguntei: “o que houve?”. Ele respondeu: “está cada vez mais difícil defender o governo”.

Uma trupe de jornalistas parece tão certa de que o impedimento da presidente Dilma Rousseff é o único caminho possível para a redenção nacional que se esquece do nosso dever principal, que é noticiar o fato, perseguir a verdade, ser fiel ao ocorrido e refletir sobre o real e não sobre o que pode vir a ser o nosso desejo interior. Essa turma tem suas neuroses loucas e querem nos enlouquecer também.

O Governo acumula trapalhadas e elas precisam ser noticiadas na dimensão precisa. Da mesma forma que os acertos também devem ser publicados. E não são. Eles são escondidos. Para nós, jornalistas, não nos cabe juízo de valor do que seria o certo no cumprimento do dever.

Se pesquisarmos a quantidade de boçalidades escritas por jornalistas e “soluções” que quando adotadas deram errado daria para construir um monumento maior do que as pirâmides do Egito. Nós erramos. E não é pouco. Erramos muito.

Reconheço a importância dos comentaristas. Tudo bem que escrevam e digam o que pensam. Mas nem por isso devem cultivar a “má vontade” e o “ódio” como princípio do seu trabalho. Tem um grupo grande que, para ser aceito, simplesmente se inscreve na “igrejinha”, ganha carteirinha da banda de música e passa a rezar na mesma cartilha. Todos iguaizinhos.

Certa vez, um homem público disse sobre a imprensa: “será que não tem uma noticiazinha de nada que seja boa? Será que ninguém neste país fez nada de bom hoje?”. Se depender da imprensa brasileira, está muito difícil achar algo positivo. A má vontade reina na pátria.

É hora de mudar. O povo já percebeu que esta “nossa vibe” é só nossa e das forças que ganham dinheiro e querem mais poder no Brasil. Não temos compromisso com o governo anterior, com este e nem com o próximo. Temos responsabilidade diante da nação.

Nós devemos defender princípios permanentes e não transitórios.

Para não perder viagem: por que a gente não dá também notícias boas?

20 comentários

  • A culpa da midia golpista

    O jornalista pediu a demissao quando escreveu esse artigo — dizendo que os acertos do governo nao sao publicados — pois tirou a credibilidade do jornal que ele apresenta
    A imprensa sempre escreveu os erros do governo de acordo com os interesses do dono do veiculo de comunicaçao, no caso a Globo
    Se o jornalista nao esta’ de acordo, mude de profissao mas todas as profissoes sao assim portanto fica dificil trabalhar
    Atualmente, com o governo Dilma em crise economica, e politica, com alta impopularidade, denuncias de corrupçao (todos os dias) esta’ dificil arrumar fatos positivos

  • Abraham Lincoln

    Se a demissão foi mesmo motivada por uma crítica à “mídia golpista”, basta que o jornalista envie seu Curriculum ao Leonardo Attuch; não tenho dúvidas que sua vaga será providenciada de pronto. Caso não haja vagas disponíveis no momento, Attuch fará, de próprio punho, recomendação para ser entregue aos diretores de “Carta Maior”. Uma coisa é certa: Desempregado esse camarada não fica.

  • TENTATIVA DE GOLPE

    POR PAULO NOGUEIRA DO DCM $$$$$ TENTATIVA DE GOLPE

    Sem direitos trabalhistas
    Não foi só a demissão de Sidney Rezende um dia depois de um artigo crítico sobre a mídia que me chamou a atenção.
    Foi também um aspecto lateral.
    Rezende não foi demitido. Não renovaram seu contrato.
    É igual, mas é diferente.
    Significa que ele sai da Globo News e da Globo sem os direitos trabalhistas clássicos.
    Significa, também, que a Globo, confiante em sua impunidade, há muito armou um esquema de sonegação no seu RH.
    Você pode até tentar aceitar a utilização de PJs em empresas em condição desesperadora.
    Mas na Globo?
    Basta ver o patrimônio multibilionário de seus donos para verificar que este tipo de sonegação é um escárnio contra a sociedade e contra a decência.
    Basta ver também a transfusão copiosa de dinheiro público para a empresa para ver o tamanho do descaro.
    Apenas o governo federal, com suas empresas, coloca 500 milhões de reais por ano na Globo. Não estamos falando nos ingressos adicionais derivados de governos estaduais – Aécio foi uma mãe em seus oito anos em Minas – e prefeituras.
    Com tudo isso, a Globo se julga no direito de sonegar em seus funcionários mais caros.
    É uma vergonha, e também é um passivo considerável.
    Nos últimos meses, a história de Claudia Cruz, mulher de Eduardo Cunha, veio à tona.
    Um dos fatos marcantes de sua biografia é que ela processou a Globo quando foi demitida.
    Claudia era apresentadora como Sidney Resende.
    Ela ganhou na Justiça da Globo. Recebeu uma indenização na saída que não teria como PJ.
    É presumível, hoje, que mais demissões virão entre PJs da Globo. E é provável, igualmente, que mais gente processe a empresa.
    Isto porque as circunstâncias são outras.
    Antes, romper com a Globo era uma decisão complicada para qualquer profissional. E um processo representa uma ruptura.
    Agora mesmo Ali Kamel, ao falar da saída de Resende, disse que não renovar um contrato não quer dizer que o vínculo não pode ser retomado no futuro.
    Não sei se existem casos assim na Globo.
    Mas agora a Globo é uma empresa em declínio, e isso não vai mudar. A internet transformou as mídias da Globo em negócios declinantes, incluída aí a televisão aberta.
    A Globo é a Abril amanhã.
    Os profissionais sabem que seu futuro está na mídia digital, e não na Globo. Eles já não terão nada a perder acionando a Globo. Terão, na verdade, apenas a ganhar.
    Isso muda tudo.
    Será uma imensa surpresa se Sidney Rezende não for à Justiça contra a Globo.
    Mas de novo.
    É muita ganância dos donos da Globo a utilização de PJs.
    E é inacreditável que o Estado – incluídos aí governos petistas nos últimos 13 anos – nunca tenha feito nada para coibir este crime contra o bolso do povo.
    A FALTA DE INTELIGÊNCIA E A HISTÓRIA MOSTRA QUE NA REALIDADE QUE E IMPRENSA NA MAIORIA DA VEZES NÃO ESCREVE OS ERROS GOVERNAMENTAIS A NÃO SER QUANDO HÁ INTERESSES ESCUSOS, SE NÃO O QUE SERIA DO GOVERNO ESTADUAL DE SÃO PAULO

  • Anônimo

    Demissão pedida por escrito e em público. Não precisava tanto. Quem trabalha em jornalismo e comunga dessa opinião não tem bom caráter, muito menos credibilidade. Se acha que ele está certo, é porque faz a mesmíssima coisa no veículo onde trabalha. Jornalismo não é pra mudar o mundo. É pra noticiar. Quem usa o jornalismo pra manipular as informações a favor da sua ideologia faz do seu veículo um palanque. Aí, o uso pode extrapolar a polícia e suas “reportagens” podem ser usada contra qualquer desafeto.
    FORA MANIPULADORES

  • MÍDIA E O GOVERNO

    SDNEY RESENDE FALOU EM SEU PERFIL NO FACEBOOK

    Intitulado “Chega de notícias ruins”, o texto defende que notícias positivas também merecem espaço na mídia e lamenta: “Se pesquisarmos a quantidade de boçalidades escritas por jornalistas e ‘soluções’ que quando adotadas deram errado daria para construir um monumento maior do que as pirâmides do Egito. Nós erramos. E não é pouco. Erramos muito.”
    Sem citar nomes, nem veículos, Rezende escreveu: “Há uma má vontade dos colegas que se especializaram em política e economia. A obsessão em ver no Governo o demônio, a materialização do mal, ou o porto da incompetência, está sufocando a sociedade e engessando o setor produtivo”.
    No texto que publicou no dia 12, o jornalista observou: “Uma trupe de jornalistas parece tão certa de que o impedimento da presidente Dilma Rousseff é o único caminho possível para a redenção nacional que se esquece do nosso dever principal, que é noticiar o fato, perseguir a verdade, ser fiel ao ocorrido e refletir sobre o real e não sobre o que pode vir a ser o nosso desejo interior. Essa turma tem suas neuroses loucas e querem nos enlouquecer também”.
    Rezende escreveu ainda: “O Governo acumula trapalhadas e elas precisam ser noticiadas na dimensão precisa. Da mesma forma que os acertos também devem ser publicados. E não são. Eles são escondidos. Para nós, jornalistas, não nos cabe juízo de valor do que seria o certo no cumprimento do dever.”

  • resumo da ópera

    ainda há a lucidez do Dony de Nuccio, por enquanto…

  • Vixi

    Tenho quase certeza que o Professor Cacete, ops, Cadete trocou o pseudônimo e postou aí pra cima…

    • Pasadena

      Com certeza. Ele usa destes artifícios, da mesm forma que os gatunos que ele defende.

    • Se um dia, para felicidade geral da nação, quebrarem-se as teclas “Ctrl”, “C” e “V” do teclado do professor do M.I.T., nosso querido Professor Cacete, o saudável e aguardado silêncio se fará presente, já que, por si só, o livre docente só é capaz de escrever grosserias. Todos nós sabemos que é você, Cacete. Sândalus, O Doutrinador, é o olho que tudo vê e tudo sabe. Você pode correr, mas não pode se esconder dele. Kkkkkkkkkkkkkkk

  • CADETE

    VIXI QUANDO TENHO QUE POSTAR COLOCO MEU PSEUDÔNIMO SEU FDP VOCÊ E A MAMÃE. MEXEU LEVOU SEU ESCROTO, DA SUA CABEÇA SÓ SAI MERDA.

  • PETROBRAS

    ACHEI INTERESSANTE OS COXINHAS MUDANDO DE LADO.

    Medo de rejeição de eleitor muda discurso do PSDB
    PUBLICADO EM 14/11/2015
    PSDB
    Pesquisas internas da legenda levaram a crer que a imagem do partido estava desgastada.Câmara dos Deputados

    A cúpula do PSDB, principal partido de oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff, mudou o foco de seu discurso. Nos últimos dias, os tucanos têm falado mais sobre crise econômica e soluções para o País do que o impeachment da petista.
    Segundo o jornal Folha de S.Paulo, pesquisas internas da legenda e projeções do mercado financeiro levaram a crer que a imagem do partido estava desgastada e até mesmo os eleitores fieis estão insatisfeitos com a forma como se combateu o governo federal nos últimos meses.
    As pesquisas revelaram que o debate sobre o afastamento da presidente tem levado a exaustão dos eleitores, que esperam propostas de soluções para o País. As projeções mostraram desgaste da classe política, além de revelar que os tucanos não tiveram benefício algum com a perda de popularidade do governo.
    Com o resultado obtido, o PSDB já adotou nova postura e começou a demonstrar apoio às medidas do ajuste fiscal propostos pela equipe econômica do Planalto. “A crise é pior para Dilma e o PT, mas é ruim para todos nós”, disse, ao jornal, um deputado da sigla.

    Nomes de peso dentro da sigla, como o do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e do senador José Serra (SP), considerados da ala moderada, costumavam defender a mudança de comportamento.
    “Acho bom que o PSDB deixe claro que a política do quanto pior melhor não corresponde à nossa formação e à nossa tradição, a despeito de votações anteriores, como na questão do fator previdenciário”, afirmou Serra.
    A alteração criou desconforto entre os tucanos e outros partidos que fazem oposição a Dilma, como o PPS e o DEM. Líderes dos dois partidos oposicionistas disseram estar surpresos com a informação de que o PSDB decidiu aprovar a Desvinculação de Receitas da União (DRU), instituída no governo FHC. O mecanismo dá ao governo mais flexibilização para manejar o orçamento, o que interessa ao ajuste fiscal do governo.
    “O DEM vai ser mais duro nesse debate”, disse o líder do partido na Câmara, Mendonça Filho (PE). “O PT vai ter que pedir desculpas ao Brasil. Eles entraram com uma ação contra a DRU no Supremo, quando ela foi criada.” As informações são da Folha de S.Paulo.

  • CADETE

    SÂNDALUS , O DOUTRINADOR, já disse e volto a dizer, quando estiver que escrever alguma coisa, escreverei com meu pseudônimo e já não estou tendo mais paciência para escrever respostas para um individuo Escroto como você, além de tudo és um Ogro, e minhas respostas vão a altura de quem me escreve, e como escreve, portanto, Cacete é aquilo que você gosta de ter na Boca e minhas grosserias são sempre para quem se julga o esperto, e eu em nenhum momento me identifiquei ou me identificareis com outro pseudônimo, e o que lhe escrevo não são grosserias, são aquilo que você adora e gosta e bem grosso.
    És um asno, querendo dar de inteligente, vá procurar quem te ……………

    • Vixi

      Tu ÉS gaúcho, Professor Cacete, ops, Cadete??? Ou melhor, passarei a tratar-lhe pela alcunha de CA, pois já me sinto íntimo!!!

    • Livre docente Cacê, bom dia… Ali onde você conjuga o verbo “identificar” no futuro, você deve usar “identificarei”, afinal, a conjugação deve ser dar na primeira pessoa do singular e não da segunda pessoa do plural. Assim, teremos: “(…) e eu em nenhum momento me identifiquei ou me identificarei com outro pseudônimo (…)”. É só um toque (não retal), sem ofensa.

  • CADETE

    Assunto sério, a alguns dias ou mês o Sr. Alvaro Dias sumiu da mídia, escrita e fala, como num passe de mágica e agora já da para saber o real motivo desse sumiço, estratégico. É que Yousseff, em uma nova delação mais premiada ainda, voltou a falar que o Senador Alvaro Dias recebeu da Lava Jato, 10 milhões e dividiu com o já falecido Sérgio Guerra. Com a sua parte Alvaro dias comprou um terreno no RJ por 3 milhões e logo a seguir vendeu para a Petrobras por 40 milhões.
    Além disso o Senador recebeu outra quantia, para não deixar estalar a CPI da Petrobras, coisa que ele com toda a sua simpatia e honestidade conseguiu. Nessa época também o Sr. Eduardo Campos, diz o delator , recebeu entre 2010 a 2011 10 milhões paga no contrato do Consórcio Conest. Toda essa quantia, que alias é pouca foi retirada da Lava Jato. E não é que agora em sua volta triunfal o tucano do PSDB, diz que vai deixar o partido, pelo apoio que o mesmo deu a Cunha. Numa entrevista dada a BR-29 e para o Pensa Brasil ele diz: A direção do PSDB tem que assumir a responsabilidade por ter se aproximado de Eduardo Cunha.
    O Senador Tucano criticou as relações do partido com o dep. Eduardo Cunha, pois para ele (Alvaro Dias ), individuo honesto, Imaculado e Bons antecedentes. a estratégia de Blindar o peemedebista ( acusado e comprovado de envolvimento na Lava Jato e de manter contas secretas na Suíça ), com a venda para a África de carne moída do Friboi, partiu do comando tucano, encabeçado pelo Senador Aécio Cheira Cheira Neves.>
    Os Burgueses, Fascista , Capitalistas e golpistas vai explodir.

  • Lenha na fogueira

    É a velha estratégia da parceria Tucanos/Globo e vice versa. Lembram-se do eminente ministro da fazenda Rubens Rivupero, achando que estava em Off (só que não), declarou a Carlos Monforte da globo que não tinha escrúpulos em mostrar o que era bom (para o governo FHC e esconder o que fosse ruim. Ele disse, literalmente: ” Eu não tenho escrúpulos; o que é bom a gente fatura, o que é ruim a gente esconde.” Àqueles que não conhecem, se esqueceram ou duvidam, pesquise “o escândalo da parabólica”. A Globo é o maior partido de oposição do Brasil, mas está sendo a grande responsável pela inércia hoje reinante – deprecia o país para o mundo todo, visando enfraquecer o governo para tomá-lo, resta saber: será que sobrará algo a ser governado. Triste.

  • CADETE

    VIXI gaúcho é seu papai que gosta do Cacete, assim como a senhora sua genitora. Tratarei você como um Otário..

  • CADETE

    SÂNDALUS O DOUTTRINADO, se devo usar identificarei ou não isso não me preocupa nenhum pouco (pois na pressa coloquei um s a mai o importante é que você, leu e entendeu o recado, e quanto ao toque retal, que gosta, como tu mesmo já sabe a muito tempo, é seu querido papai e a mamãe também , mas não só o toque mais o Cacete. Coisa que você gosta de usar mais é em sua boca gay.
    Falar nisso será que sua família de imbecis, gostaram,o que lhes dei ontem a noite? Pois nunca mais terão esse prazer pois eu cansei dessa trupe de escrotos, debeis mentais , ignorantes, crápulas, otários etc….KKKKKKKKKKKKK, isto esta me deixando muito mal , pois estou tentando ser sem educação e grosso, coisas que não são da minha índole, apesar de saber que do grosso você e o Vixi gostam muito. kkkkkkkkkkkkk acabei. não terão mais respostas minhas.

  • Não, Cacê; não faça isso conosco. Continue aqui. Não nos prive de seus conhecimentos (plagiados). Sem você, além de ficarmos órfãos do notório saber que brota dos seus dedos (naquele maroto “Ctrl C / Ctrl V”), nosso riso ficará mais tímido, mais contido. É você que nos alegra. Força Cacê. #JeSuisCacetí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *