GOVERNO DE SÃO PAULO PROJETA 220 MIL CASOS DE CORONAVÍRUS E PEDE R$ 500 MILHÕES DE AJUDA AO BANCO MUNDIAL

O estado de São Paulo já registra 275 mortes, um aumento de 180% em uma semana. No mesmo período, os casos confirmados da doença aumentaram 318%, passando de 1.451 para 4.620. Neste momento, são 99 cidades paulistas com registros de pelo menos um caso da doença.

Já as mortes concentram-se em 33 cidades. Neste domingo, 5, houve confirmação da primeira morte em Bauru. Também há pelo menos uma vítima fatal nas regiões de Araçatuba, Ribeirão Preto, Campinas, Baixada Santista, Presidente Prudente e Sorocaba.

Deu no Brasil 247:

O governo de São Paulo projeta cerca de 220 mil casos do novo coronavírus e está preparando empréstimo de US$ 100 milhões (mais de 500 milhões de reais) ao Banco Mundial para combater a doença, segundo informações divulgadas pelo portal Terra.

O dinheiro será utilizado para a instalação de pelo menos 500 novos leitos de UTI, comprar testes de diagnóstico da Covid-19 e desenvolver tecnologia de telemedicina e de aplicativos para dispositivo móveis.

De acordo com a Secretaria de Saúde estadual, ao menos R$ 1,2 bilhões extras serão necessários para enfrentar o surto do vírus em São Paulo. Por isso, o coordenador de Serviços da Saúde de São Paulo, Ricardo Tardelli, afirma ser “muito significativo” o financiamento do Banco Mundial.

Além disso, o valor pode ser usado também para ressarcir gastos já feitos para conter e remediar a gripe. O prazo previsto para extinção do empréstimo é de 35 anos. A contrapartida para o governo é de US$ 25 milhões, ou seja, no total, o projeto é de cerca de US$ 125 milhões (mais de R$ 625 milhões).

O Estado de São Paulo é o epicentro da pandemia de coronavírus no Brasil, com mais de 4.500 casos e 260 mortos. A região também registra cerca de 48% das hospitalizações por Síndrome Aguda Respiratória Grave (SARG) do País.

De acordo com o governo, 40 mil pacientes necessitarão usar leitos durante a pandemia, e outros 11 mil necessitarão de UTI. São Paulo tem 15 mil leitos de UTI públicos e privados, sendo 7,2 mil leitos dedicados ao SUS.

4 comentários

  • Cap Joe

    O Golpista João DoriaAna (PSDB), deve anunciar nesta segunda-feira, 6, que o decreto determinando a quarentena em São Paulo irá ser estendido por mais 15 dias — ou seja, até 23 de abril. Ele estuda uma flexibilização para atividades (hoje fechadas) sem aglomeração.

  • Dória e a grana do Banco

    Depois que o Banco Mundial anunciou programa de US$ 12 bilhões para apoiar esforços de países para combate à pandemia. Bolsonaro também buscou fechar um empréstimo de US$ 100 milhões com o banco, Agora, Doria vai pedir dinheiro.
    Para uma população de aproximadamente 46 milhões, a estimativa de atender 220 mil casos do coronavírus, ou melhor, quase 5% da população. O custo de R$ 2.270 por caso. É alto? Nesta proporção, teremos quase 750 casos, em Jales. Esta projeção foi feita antes de medidas de isolamento. Assim acho que este numero deverá ser revisado. A Santa Casa está vazia, até agora.
    Bolsonaro através do ministro Guedes deverá dar o aval porque o governo federal deverá ser o avalista do empréstimo. Nós vamos pagar através de aumento de impostos, em 35 anos.

  • Supeito

    è ai que esta o grande “X” do Covid 19 = $$$$$$ será?

  • rapizodia

    Não votei e não votaria no João Dória (Assim como PT, PSDB como liderança, no executivo, é carta fora do baralho), mas tenho que reconhecer seu bom trabalho no trato da pandemia e sua liderança para que as coisas se encaminhem com razoável normalidade juntamente com os demais governadores. Se estivesse na posição dele, faria o mesmo, seguiria a cartilhinha da OMS e Ministério da Saúde. Assim como também não votei e não votaria no Bozo já sabedor de sua imbecilidade, mas reconheço também o bom trabalho de seu ministro da saúde o Sr. Henrique Mandetta. Só trouxa faria diferente, enterrando futuro político e contrariando o que se está vendo na quase totalidade dos países com a pandemia e podendo ser responsabilizado criminalmente até mesmo por um genocídio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *