JUSTIÇA FEDERAL CONDENA O ‘CORVO’ A 14 ANOS DE PRISÃO POR TRÁFICO

A notícia é do Bom Dia Sorocaba:

Janaina de Paula
Agência BOM DIA

Bacharel em direito, Edevir Albuquerque Júnior, de 36 anos, conhecido em Jales como o “Corvo”, foi condenado na segunda-feira (18) pela Justiça Federal a 14 anos e sete meses de prisão por tráfico de drogas.

Ele é apontado pela Polícia Federal como um dos maiores traficantes de Jales. Edevir foi preso em novembro de 2010, durante operação Prestige. De acordo com a polícia, Corvo faturava em média R$ 10 mil por semana com a venda de drogas. Ele abastecia pelo menos oito bocas de fumo do município com cocaína, maconha e crack que comprava de fornecedores de Rio Preto.

Para isso, contava com dez “funcionários”, entre vendedores menores de idades e “mulas”, que buscavam a droga em viagens feitas de ônibus até Rio Preto. Esta é a segunda condenação de Edevir por tráfico em seis meses. No início deste ano, ele foi condenado a nove anos e nove meses de prisão pelo mesmo crime.

8 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *