MAIS DESEMPREGO EM JALES

Hoje à tarde recebi uma ligação de um amigo, me informando que a Fuga Pet estava demitindo boa parte de seus funcionários. Na verdade, eu já havia conversado com uma pessoa ligada à Fuga Pet, que me explicou o que estava acontecendo. Desaceleração no ritmo das exportações, por conta do real valorizado frente ao dólar e falta de matéria-prima no mercado seriam, pelo que me foi dito, os principais motivos para as demissões. Problemas conjunturais, portanto, levaram a empresa – que continua muito sólida – a diminuir a sua capacidade de produção.

E agora à noite, durante a sessão da Câmara, o vereador Jota Erre confirmou que cerca de 70 empregados da Fuga Pet procuraram, nesta segunda-feira, o Posto de Atendimento ao Trabalhador, na Rua Seis, para dar baixa na Carteira de Trabalho. A notícia só vem confirmar a má fase que Jales está vivendo no campeonato da geração de empregos. No momento, estamos com a lanterna e, a continuar nesse ritmo, seremos inapelavelmente rebaixados para a segunda divisão, uma vez que até Palmeira D’Oeste está gerando mais empregos que Jales.

Como já foi noticiado aqui neste blog e no jornal A Tribuna, a performance de Jales em 2010, no quesito criação de empregos, foi a pior entre as cidades da região, segundo os números divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego. E já no primeiro mês de 2011, Jales repetiu a péssima performance do ano anterior: em janeiro, foi a única cidade da região a apresentar resultado negativo na criação de novos empregos formais. 

E, com essa notícia de hoje, nem vai ser preciso esperar os números do Ministério do Trabalho para saber que, em março, a performance de Jales vai ser, outra vez, negativa. Evidentemente que não se pode atribuir somente à administração municipal os péssimos resultados que estamos alcançando na geração de empregos. Mas que o governo Parini não faz nada prá mudar essa situação, isso lá também é verdade.

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *