MÉDICO É PRESO SUSPEITO DE ASSALTAR LANCHONETE NO ESPÍRITO SANTO

Esta notícia do G1 não tem a menor importância. Estou postando apenas porque, em função das duas notícias anteriores, ela me fez lembrar uma música do Raul Seixas onde se diz que “… e você ainda acredita que é um doutor, padre ou policial que está contribuindo com sua parte para o nosso belo quadro social”. Vamos à notícia:

lanchonete tesUm médico de 42 anos foi preso, suspeito de assaltar uma lanchonete em Itapuã, Vila Velha, Espírito Santo, na tarde de quarta-feira (19). Segundo o dono do estabelecimento, o homem levou dois violões que ficavam na parede da lanchonete, como decoração. Ele foi levado para o Departamento de Polícia Judiciária do município.

O dono da lanchonete, Luiz Carlos Coimbra, contou que quando o crime ocorreu, a porta da lanchonete estava um pouco aberta, porque tinha uma funcionária se preparando para o atendimento. Em seguida, o médico entrou, anunciou o assalto com um estilete e fugiu levando dois violões.

“Eu estava no supermercado fazendo compras e quando eu saí eu deixei a porta meio aberta. Ele passou por mim pedido desculpa por confusões que ele havia se envolvido dentro da lanchonete. Depois recebi uma ligação da minha funcionária dizendo que ele tinha roubado os violões”, contou Luiz Carlos Coimbra.

Na mesma rua, o suspeito foi preso, após Luiz Carlos denunciar para a polícia. O médico frequentava a lanchonete e estava alterado no momento do assalto. “Ele constantemente bebia demais e eu comecei a cortar ele. Ontem (quinta-feira) ele estava visivelmente alterado e eu não deixei ele entrar, mas quando eu saí, ele entrou e fez isso”, completou.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *