MÉDICOS E PROFISSIONAIS DA SAÚDE ESTÃO SENDO INFECTADOS EM MASSA PELO CORONAVÍRUS

Deu no Brasil 247:

Um sem-número de médicos, médicos, enfermeiras, técnicos e fisioterapeutas estão sendo infectados pelo coronavírus nos hospitais de São Paulo. Só em quatro hospitais de São Paulo, mais de 600 profissionais foram afastados do trabalho desde o início da epidemia no país, informa a jornalista Mônica Bergamo na Folha de São Paulo. O número em apenas quatro instituições indica que pode estar já na casa dos milhares a quantidade de profissionais de saúde infectados em todo o país.

Segundo levantamento da jornalista, o cenário em alguns dos principais hospitais de São Paulo é dramático. O infectologista Pedro Mathiasi, do HCor, diz que “Há tensão e medo e um sentimento de autoproteção”, que os profissionais têm também uma sensação “de impotência” quando recebem a notícia de que um colega foi contaminado e que “a situação é agravada por muitos permanecerem longe das famílias, para preservá-las do risco”.

Veja o levantamento de Mônica Bergamo:

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, maior hospital público do país: 125 afastados, 108 já testaram positivo para a Covid-19. 50 aguardam o resultado do exame.

Hospital Albert Einstein: 348 profissionais diagnosticados com a doença.

Hospital Sírio Libanês: 104 funcionários estão afastados.

HCor: 32 médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas foram afastados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *