MORRE EM SERGIPE, TERCEIRA PESSOA ESFAQUEADA SOB GRITOS DE ‘BOLSONARO’

A notícia é da RBA:

A Polícia de Sergipe prendeu na manhã de hoje (20) o suspeito do assassinato a mulher transexual Laysa Fortuna, de 26 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu no final da tarde de ontem, em Aracaju.

O flanelinha Alex da Silva Cardoso, de 33 anos, chegou a ser preso logo após esfaquear Laysa na noite de quinta-feira, mas foi liberado. O delegado de plantão classificou como “lesão corporal leve” os ferimentos sofridos por Laysa. 

Segundo o site de notícias FanF1, na noite de quinta o agressor teria discutido com várias transexuais, repetindo o discurso de ódio e citando o nome de Jair Bolsonaro. E após deixar o local da discussão, voltou com uma faca e atacou Laysa, principalmente no tórax.

Laysa havia passado por uma drenagem torácica, mas sofreu uma parada cardíaca. A equipe médica tentou reanimá-la, mas ela não resistiu. O corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Este é o terceiro assassinado a facadas em que o agressor grita o nome do candidato do PSL, conhecido pela incitação à violência.  

Na madrugada do último dia 16, a travesti identificada como Priscila foi morta a facadas no Largo do Arouche, região central de São Paulo. Uma testemunha ouviu de seu apartamento diversos gritos de “prostituta, vagabunda e Bolsonaro presidente’.

Na madrugada do último dia 8, poucas horas após o fechamento das urnas do primeiro turno, o mestre de capoeira Romualdo Rosário da Costa, o Moa do Katendê, de 63 anos, foi assassinado por Paulo Sérgio Ferreira de Santana, de 36 anos, seguidor de Bolsonaro. O motivo: em conversa no bar, Moa havia declarado voto no PT.

7 comentários

  • SEM comentários

    População de Aracaju HOJE, 561.479 habitantes, para um assassinato.
    Vá procurar o que fazer seu petista doente.
    Vá prestar serviços em entidades da cidade, sua vida seria muito melhor aproveitada.

  • TMELO

    Esse blog deveria chamar blog do fissurado do PT Corinthiano
    Kkkkkķkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Affffffff

    Vocês que só gostam de ver notícias do Bolsomerda não acreditam em nada que fala de vocês que espalham o Ódio mesmo. Deus tenha dó deste nosso Brasil só o senhor é capaz de dar paz a todos.

  • Alkaeda

    Só isso? Vc não tem ideia de. Tantas pessoas que morrem diariamente por corrupção do PT. Vai pesquisar por cima e vai ver

  • Já era, não adianta chororo

    Quando os PeTralhas nutriam a esperança de que o sapo barbudo não seria preso pelo juiz Sérgio Moro, neste espaço havia vários defensores, que HOJE sumiram, não postam mais nada, tinha um pseudo (anônimo), dizia tudo que os PeTralhas tinham feito, más se esqueceram que ainda existe justiça, fizeram passeatas, carreatas, aliás tudo isso pagando sanduíche de mortadela, porque PeTralha não faz nada de graça, esse cidadão, dizia ser aposentado com um belíssimo salário, deve ter ido a óbito esse FDP, PeTralhas são assim mesmo, quando a situação aperta, fogem, ou pregam a desordem.
    Até as postagens do nobre bloqueiro estão muito aquém do esperado, só porque o CAPITÃO esta com 64% dos votos válidos ?.
    Num momento crucial da política, colocando notícias de quarteto em cy, dá licença irmão.
    Esses PeTralhas estão no poder a QUATRO mandatos, e agora estão desesperados e jogando tudo nas costas do Temer, que irão acabar com a corrupção, irão reativar as obras paradas, saúde, educação, serão de primeiro mundo, porque não fizeram isso em QUATRO mandatos ?.

  • Abraham Lincoln

    Meu Deus…… co-autor de três homicídios e ainda solto? Isso é um horror. Devia ser preso, condenado à perpétua (ops, não pode perpétua). Assassino, Hitlerzinho. Haddad ganhando tudo volta ao normal: Um homicídio a cada ano no território nacional; fim do racismo, da homofobia, da corrupção e de tudo mais que esse canalha provocou desde início do período eleitoral.

  • Cowboy do asfalto

    Acabei de matar uma barata no quintal de minha casa, sobre os gritos de BOLSONARO, e a vizinhança toda escutou.
    E agora, quem poderá me defender?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *