MPF QUER CANCELAS E MUROS EM FERROVIAS DA REGIÃO NOROESTE

A novidade que vai deixar o Betto Mariano contente está no portal de notícias da Globo, o G1:

O Ministério Público Federal em Jales determinou que a ALL, América Latina Logística, instale cancelas e equipamentos de segurança nas passagens de nível em alguns trechos da ferrovia que passa pela região em Fernandópolis, Jales, Meridiano, Santa Salete, Três Fronteiras e Urânia, todas no interior de São Paulo.

Segundo o Ministério Público, devem ser colocados muros, alambrados, semáforos e redutores de velocidade para veículos. O procurador da república, Thiago Lacerda Nobre, deu prazo de 30 dias para que a concessionária cumpra a determinação.

A medida é para aumentar a segurança dos moradores e motoristas, além de reduzir os apitos dos trens. A assessoria da ALL disse que só vai se manifestar na semana que vem.

10 comentários

  • Vanderlei Bosquilha

    Balela!
    O Procurador da República se precipitou, já que existe uma ação já tramitando junto ao TJSP com o mesmo objeto, motivo pelo qual a ALL não deverá cumprir essa recomendação.
    Abs a todos!

  • Betto Mariano

    Vanderlei eu também pensava assim, mas depois de tanto dar murros em ponta de faca descobri que a justiça estadual é limitada para cuidar desse assunto, Eu ja sabia dessa novidade desde novembro de 2011. Caso a ALL não cumpra a determinação ela corre o risco de ter a ferrovia interditada, não por deixar de instalar as cancelas, mas por outras ações que correm na justiça federal, como por exemplo a má conservação da linha férrea. Eu acredito que ela não terá saida, e quem ganha com isso somos nós Jalesenses, Cardoso obrigado pela menção e a boa noticia, mas como disse a vitória é nossa !!!! Betto Mariano

    • Vanderlei Bosquilha

      Betto

      Não importa se a Justiça Estadual é limitada, o que importa é que o objeto desta ação já é discutido em uma ação, o que inviabiliza, por ora, a recomendação realizada pelo MPF. O Procurador da República deveria ter se atentado quanto a isso, antes de se dirigir à imprensa.

  • O Esclarecedor

    A ferrovia é um corredor de exportação que liga o centro oeste do Brasil ao porto de Santos. É de importancia estrategica para a nossa economia pois faz escoar a produção de grãos para a Asia, etc. Interditar a ferrovia por falta de muros e cancelas, parece inverossímil. Ao cruzar a linha férrea, o motorista, (cocheiro, pedestre, etc)deve ter atenção redobrada, parar, esperar, pois o trem tem prioridade. Aqui em Jales o pessoal implica até com o apito do trem, que é acionado exatamente para alertar a todos que o trem vai passar, ou está passando. ATENÇÃO! PARE, OLHE, ESCUTE…Agindo assim, por certo, ninguem vai se dar mal.

  • DETONADOR

    Também concordo com os apitos, desde de que eles sejam para alertar, mas todo mundo sabe que a linha férrea sempre foi ponto de viciados, logicamente se eles estão na linha principlamente nas madrugadas, o trem vai buzinar. Por outro lado a ALL causou ate agora ao pías 60 bilhões de prejuízos aos cofres públicos. São dezenas de vãgões apodrecendo, e trilhos mal cuidados, eles tem grana sim pra fazerem o que o procurador determinar, e torço pra que isso aconteça, os apitos são mesmo exagerados !!!!

  • DETONADOR

    Ah !!! me esqueci de dizer, como disse o esclarecedor, aqui é mesmo SÓ CORREDOR, porque de nada tras de benefícios a cidade, o que eles deixam é barulho, óleo diesel derramado, descalamentos etc.

  • Anônimo

    Se iluminassem a linha férra no perímetro urbano resolveriam o problema. MAs aí, entra a Prefeitura, então podeos esquecer qualquer providência do Parado

  • moradora

    a linha ferrea teria que passar fora da cidade nao no centro da cidade quantas pessoas estao sem pernas sem braços e ate mesmo crianças que por um minuto de bobeira cometeu algum descuido
    agora me diga se uma pessoa marcou um minuto de bobeira paga com a vida ou algum orgao do corpo

  • anônimo

    Ou esse vanderlei é sócio da ALL ou com certeza mora longe da linha férrea, sem comtar que a recomendação do Ministério Publico é a mesma feita pelo procurador Federal. Betto esta certo, a justiça Estadual não pode decidir pela matéria, a linha férrea é de ordem Federal e não Estadual. O procurador vai sim levar essa, parabéns Betto pela conquista !!!!

  • Gustavo (Urânia)

    Nossa, por isso que nosso país não vai para frente, deveriamos estar contentes, por ter várias competências do Judiciário lutando, para que pessoas não sejam mais vitimadas, por acidentes envolvendo travessias de linha férrea,como exemplo flagrei poucos minutos após um vizinho meu de 60 anos, ser totalmente morto e seu corpo destruito pelo trêm, ficou vários pedaços espalhados pela via. Agora sou obrigado a ler o que o Vanderlei escreve, discutindo competencia, aff; quem resolver mais rápido melhor. Ja que ele disse não ser sócio da ALL, com certeza é dono de agencia funerária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *