PADRE SERTANEJO ACUSADO DE OSTENTAÇÃO COBRA ENTRADA DE FIÉIS PARA ASSISTIR PROGRAMA NA REDE TV!

Alguns padres não são nada diferentes dos pastores evangélicos que exploram a fé de seus rebanhos, como os waldemiros e malafaias da vida. A novidade é do portal Notícias da TV:

Uma prática nada convencional em programas de auditório da TV aberta foi adotada pela RedeTV! com seu recém-contratado Alessandro Campos, o “padre sertanejo”: para participar da plateia da atração matinal, cada pessoa precisa desembolsar o valor de R$ 35. E a emissora diz que é alta a procura por um assento no estúdio do religioso.

O curioso nessa história é que o programa do padre é o único em toda a RedeTV! que cobra uma taxa de participação de seus convidados.

Para participar dos programas de auditório das grandes emissoras do país, como Globo, SBT e Record, os convidados não precisam desembolsar um centavo sequer.

A reportagem procurou o padre sertanejo para saber qual o destino de todo esse dinheiro arrecadado com a “bilheteria” de seu programa, mas sua assessoria de imprensa não respondeu até a conclusão deste texto.

Na Rede Vida, emissora em que ele apresenta outro programa, o religioso faz a mesma cobrança da taxa para participar da plateia. E o destino do dinheiro que ganha com esse público também é um mistério.

No site Reclame Aqui, há inúmeras reclamações de senhoras de idade que pagaram pelo ingresso na esperança de ter algum tipo de contato com o padre sertanejo, mas alegam que não puderam se aproximar do artista para tirar uma selfie. Algumas relatam até da falta de atenção e do descaso da equipe de produção da atração.

O colunista Ricardo Feltrin, do UOL, chegou a dizer que o religioso foi acusado de ostentar uma vida de luxo. Em sua defesa, ele alegou não ter feito nenhum voto de pobreza perante a Igreja Católica.

3 comentários

  • Junio

    Eita parece que não é só os pastores que estão passando a mão heinnn

  • jumento que votou em bozonaro

    ESSE CARA COMO PADRE, NÃO MERECE CREDITO ALGUM. COMO CANTOR É PESSSSSSSSSSSSSIMO

  • Paga por que quer!

    Se a Redetv cobra ingresso e elas pagam. Não é problema do padre.
    Se a reportagem procurou o padre sertanejo para saber qual o destino de todo esse dinheiro arrecadado com a “bilheteria” de seu programa. Ou se o religioso ostenta uma vida de luxo.
    O padre ou o canal não precisa dizer.
    Ninguem tem nada com isso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *