PAULO TERRON ENTREVISTA CHICO BUARQUE

A edição de aniversário – 5 anos – da revista Rolling Stone Brasil, especializada em música, chegou às bancas no meio do mês passado trazendo uma entrevista exclusiva com Chico Buarque. Diz, a chamada de capa, tratar-se da “entrevista definitiva com o maior compositor vivo do Brasil”.

O detalhe é que “a entrevista definitiva com o maior compositor vivo do Brasil”  foi feita por ninguém menos que o jalesense Paulo Terron. Filho do ex-provedor da nossa Santa Casa, José Terron Spina, e da dona Leopoldina, o Paulo não nasceu por aqui, mas viveu a infância e a adolescência em Jales. Nessa época, colecionava tudo que via dos Beatles. Talvez por isso mesmo, tenha sido dele a melhor entrevista feita com Paul McCartney na última visita que o ex-beatle fez ao Brasil.

Na entrevista que deu ao Paulo, Chico – que não gosta muito do assédio em torno de sua vida pessoal – falou como se divide entre a música e a literatura. Falou também sobre política e declarou que “gostava de falar mal do governo quando os jornais não o faziam”. Um claro recado àqueles que se calaram durante a ditadura e agora vivem criticando o governo.

Um trecho da entrevista pode ser lido no blog do Renato César Pereira.

2 comentários

  • A revista está esgotada por aqui (Campinas).
    Muito boa a longa entrevista do “cidadão” Chico Buarque que afirma gostar de Lula e de Dilma mas não dos que o cercam.
    A certa altura, falando sobre um crítico literário da revista Veja que sempre mete o pau em seus livros, Chico Buarque revela que tratou de ler um livro do cidadão e depois comentou: este cara deve continuar fazendo crítica…
    Concluindo: o cara da Revista Veja escreve uma merda de livro e deve continuar escrevendo uma merda de crítica.

  • O programa “Brasil e cia” que eu mais gostei,foi aquele em homenagem ao Chico Buarque que completava na época 60 anos,só tocou músicas do aniversariante,espero que no ano que vem repitam a dose (70 anos).E como o tempo passa,lá se vão quase 10 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *