PF DE JALES E POLÍCIA AMBIENTAL CUMPREM MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO EM ILHA SOLTEIRA

A notícia é da assessoria de imprensa da PF de Jales:

Aproximadamente 30 policiais, entre federais e militares ambientais, participaram de diligências na manhã desta sexta-feira (18) em cumprimento a dois mandados de busca e apreensão no município de Ilha Solteira/SP. O objetivo das diligências foi apreender petrechos utilizados para a prática ilegal de pesca nas proximidades da barragem da hidrelétrica de Ilha Solteira/SP.

Em uma das residências os policiais apreenderam um barco com motor, redes de pesca, arpões, roupas de mergulho, máscaras, nadadeiras, dentre outros objetos. As investigações iniciaram a partir de informações obtidas indicando que indivíduos que praticavam a pesca ilegal reiteradamente também estavam utilizando toucas que cobriam seus rostos para dificultar sua identificação pelo sistema de monitoramento da usina e intimidar os policiais durante abordagens e fiscalizações de rotina.

A pesca nas proximidades de usina hidrelétrica é terminantemente proibida. Pescadores que forem surpreendidos praticando este crime ambiental podem ser presos em flagrante delito por infração ao artigo 34 da lei 9.605/98 (Lei dos crimes ambientais), com pena de prisão de até 3 anos de detenção, além de responder por infração administrativa que pode resultar em multa com valor inicial de R$ 700,00 que é acrescida de R$20,00 por cada quilo de pescado ilegal. Barcos, motores e demais objetos utilizados na pesca também são apreendidos nas operações de fiscalização realizadas pela Polícia Ambiental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *