POLÍCIA DE JALES PRENDE, EM HOTEL DA CIDADE, CASAL ACUSADO DE MATAR TAXISTA

Hoje, pela manhã, o repórter Osmar Rezende, da Rádio Assunção, me falou sobre a prisão do casal e, certamente, amanhã teremos, nas rádios locais, entrevista do delegado Sebastião Biazi com todos os detalhes. Mas a notícia já está em vários sites. Vejam o que saiu no portal Terra:

A polícia prendeu neste sábado, em um hotel em Jales, a 543 km de São Paulo, o casal acusado de roubar e matar o taxista Orizombo Soares da Mota, 74 anos. O idoso foi encontrado morto na manhã de ontem em um córrego da zona rural de Marinópolis, município na região de Jales, a 130 km de Mirassol (SP), cidade onde trabalhava.

Segundo a polícia, Carlos Eduardo Teixeira França, 19 anos, e sua namorada, Ana Cláudia de Moraes Gonçalves, 20 anos, confessaram o crime. Eles eram procurados pela polícia desde sexta-feira, quando a investigação analisou imagens da rodoviária de Mirassol e identificou a dupla contratando a corrida com o taxista, que fazia ponto no local.

Na tarde de hoje, os dois prestavam depoimento na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de São José do Rio Preto (SP), onde ficarão presos até serem removidos para um Centro de Detenção Provisória (CDP). “Eles disseram que só queriam roubar, mas como o taxista reagiu, acabaram matando ele com uma facada no pescoço”, contou o delegado Sebastião Biasi, titular da DIG de Jales, que deteve o casal em flagrante.

Segundo Biasi, a dupla foi presa por volta das 12h, quando adulterava as placas do carro da vítima, na garagem do hotel. “Eles já tinham adulterado a placa traseira e se preparavam para adulterar a dianteira para depois fugirem, mas não houve tempo.”

A prisão, de acordo com o delegado, foi facilitada depois de a dupla ter sido filmada sacando dinheiro em um banco da cidade. “Depois que checamos imagens deles sacando R$ 1 mil da conta do taxista na agência do Banco do Brasil de Jales, ficou mais fácil. Confirmamos que se tratava do mesmo casal e identificamos os dois ainda na noite de sexta-feira. Hoje pela manhã recebemos uma denúncia de que eles tinham pernoitado num hotel da cidade”, contou.

De acordo com o delegado, o casal vive junto há sete meses e Ana Cláudia está grávida de 13 semanas. “O Carlos Eduardo é da região de Jales, mas estava morando com Ana Cláudia em Mirassol”, disse Biasi. Segundo ele, a moça não tinha ficha na polícia, e o rapaz já tinha passagens por furto e porte de arma.  

1 comentário

  • annonymous

    Por mim cortaria tbm o pescoço desse infeliz, não suporto esse tipo de atitude, é uma vergonha alguém tirar a vida de um trabalhador e saber que logo este individuo estara solto pelas ruas, afinal nossa lei é fraca e ninguém tem medo dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *