PREFEITO NO CEARÁ, MÉDICO ABUSAVA DE PACIENTES DURANTE CONSULTAS E FILMAVA OS CRIMES

A matéria não diz, mas ele é filiado ao PCdoB. Deu no jornal gaúcho Zero Hora:

O programa Fantástico, da TV Globo, divulgou neste domingo (14) reportagem sobre uma série de abusos sexuais que teriam sido cometidos por um ginecologista e clínico-geral ao longo de 32 anos. Ao menos 63 vídeos mostram José Hilson de Paiva, 70 anos, que também é prefeito da cidade de Uruburetama, no interior do Ceará, abusando de pacientes em consultas — alguns vídeos também foram gravados em atendimentos no município de Cruz. 

A reportagem encontrou 11 mulheres que disseram ter sido vítimas do médico, em casos de abusos que teriam ocorrido entre 1986 e 2018. Uma delas afirmou que começou a ser abusada aos 14 anos e voltava a consultar com o ginecologista pois ele era o único especialista do município.  

Ao analisar as imagens — gravadas pelo próprio José Hilton —, representantes da Associação Médica Brasileira afirmam que os procedimentos verificados nas filmagens não são adotados em nenhum momento no trabalho médico e classificam como crime as ações praticadas pelo ginecologista.

Ao ser procurado pela reportagem da TV Globo, o prefeito afirmou que “nunca fez nada forçado” e que a ação é “uma jogada da oposição” que quer derrubá-lo. Ele confirmou, no entanto, que houve relações sexuais, mas negou a realização em consultório.

O advogado do ginecologista afirmou em nota que ainda não teve conhecimento dos vídeos e que aguarda as mídias para uma manifestação mais concreta sobre o caso. A defesa disse ainda que irá ao Ministério Público checar a veracidade dos fatos.

Notícia bem mais completa e detalhada sobre o caso do médico-prefeito, publicada pelo Diário do Nordeste, pode ser lida aqui.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *