PROJETO DA SANTA CASA DE JALES É FINALISTA DO ‘PRÊMIO MÁRIO COVAS’

(por Vívian Curitiba)

O projeto “Nasce Uma Criança, Plante Uma Árvore”, da Santa Casa de Jales, realizado em parceria com a Sabesp é finalista do Prêmio Governador Mário Covas, na categoria Inovação.  

Ao todo foram apresentados 239 projetos do Estado de São Paulo, sendo que apenas 40 passaram pela avaliação da banca examinadora. A próxima etapa é o julgamento dos 20 melhores trabalhos que serão premiados.

Os premiados serão escolhidos em cerimônia na Sala São Paulo no dia 26 de abril. Foram selecionados 26 finalistas em Inovação e 14 em Excelência na 7ª Edição do Prêmio Governador Mário Covas. Na premiação, os vencedores recebem o troféu das mãos de autoridades na Sala São Paulo, a maior e mais moderna sala de concertos da América Latina. 

De acordo com Antônio Rodrigues da Grela Filho, o Dalua, superintendente da Sabesp, a instituição já conquistou o Prêmio em 2009 com a implantação do saneamento rural (nas comunidades de Prudêncio Moraes e Bandeirantes D’Oeste) e em 2010 foram classificados entre os 40 primeiros com a estação de esgotos de Jales. “Nossa expectativa este ano é vencer o prêmio para a Santa Casa de Jales que tem trabalhado muito neste lindo projeto em parceria com a Sabesp”, disse Dalua.

Para o provedor da Santa Casa de Jales, José Devanir Rodrigues, o Garça, a classificação final já é uma grande conquista para toda equipe da CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, que idealizou este projeto e tem desempenhado uma importante função sócio-ambiental. “Estou otimista. Acredito neste projeto e sei que temos boas condições para vencer”, conclui o provedor.

2 comentários

  • Anônimo

    Tenho uma sugestão para um novo projeto: “NASCE MA CRIANÇA, TAPE UM BURACO DE SUA RUA”. Quem vai aderir?

  • Dalua

    Para melhor transparência, é importante observar que o projeto foi criado pelos funcionários Santa Casa, numa parceria com a Sabesp(prepara o local, irriga as mudas, replanta e combate formigas). As mudas são fornecidas pelos viveiros da Prefeitura e da Sabesp no replantio. O Prêmio Mario Covas aceita inscrição sómente da administração pública. Provável que teremos dificuldades de vencer porque o projeto original é da Santa Casa e, não da Sabesp. Mas, sem problemas. O fato de estar escolhido entre os 239 trabalhos é uma grande vitória. Dia 19 as 11.00 horas é a avaliação da Banca Julgadora, onde estarei pela experiência dos concursos anteriores. No dia 26 será a premiação com a presença do Sr. Gilmar – atual gerente. Nos dois dias, teremos as presenças de representantes da Santa Casa conforme liberação do Sr. José D. Rodrigues. É preciso observar que o Sr. José D. Rodrigues sempre apoiou o projeto. Só estou participando porque o projeto é de 2010,quando escrevi com auxílio do Olimpio, efetivando a inscrição do trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *