PROTESTO PEDE IMPEACHMENT DO PREFEITO DE CAMPINAS

Deu no Diário da Região: 

Cerca de mil pessoas não puderam entrar ontem no plenário da Câmara de Vereadores de Campinas (SP), que estava com todos os seus 570 lugares ocupados, segundo a Guarda Municipal, para a sessão desta noite, em que deve ser votada a formação de uma comissão processante para a abertura de um processo de impeachment contra o prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT). Manifestantes vestidos de palhaços, estudantes e funcionários públicos, entre outras pessoas protestavam dentro e fora da Casa. Elas pedem o impeachment do Dr. Hélio.

Uma rua paralela à Avenida da Saudade, onde fica a Câmara, foi fechada e todos os locais para estacionamento, ocupados. Um telão foi instalado para a transmissão da sessão. Duzentas cadeiras foram colocadas na rua, assim como o telão, para que as pessoas assistissem à sessão. A Guarda Municipal reforçou a segurança para evitar a invasão da Câmara por funcionários públicos em greve, que queriam acompanhar os trabalhos dentro da Casa.

O prefeito classificou de “arbitrária, golpe político e execração pública” as investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público (MP-SP) e da Polícia Civil que culminaram na prisão preventiva de onze pessoas, entre elas agentes públicos de sua administração e empresários ligados a empresas de prestação de serviço, na última sexta feira. Ele afirmou ainda que vai manter a primeira dama, Rosely Nassim Santos Jorge, no cargo de chefe do gabinete da Prefeitura. Ela tem habeas corpus preventivo, por isso não foi presa.

1 comentário

  • A cidade vive o caos político e todos os dias mais ramificações dos desvios de verbas públicas aparecem. A coligação PDT & PT morreu politicamente em Campinas. Os 15 vereadores que foram contra o impeachment estão sofrendo as consequências. O MP da mostras que não vai recuar ou mesmo deixar de punir todos os envolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *