REPÓRTER DA GLOBO CHORA AO FALAR DO CORONAVÍRUS NA ITÁLIA. E BOLSONARO DIZ QUE EPIDEMIA É FANTASIA DA MÍDIA

Deu no site Metrópolis:

Um dos assuntos mais comentados em todo o mundo é o covid-19, popularmente conhecido como coronavírus. A jornalista Ilze Scamparini, uma das mais famosas e antigas da Globo, falou a respeito do assunto no Bom Dia Brasil desta terça-feira (10).

Correspondente da emissora carioca na Itália, um dos países mais atingidos pela epidemia e que já registrou mais de 400 mortes, Ilze repercutiu o fato de que hoje foi o primeiro dia de total isolamento da nação. E a profissional demonstrou sensibilidade ao abordar a quarentena e se emocionou.

É uma situação difícil de definir. Você não pode deixar ninguém entrar na sua casa, existe um medo coletivo que une as pessoas, mas que, ao mesmo tempo, as separa”, disse ela, que começava a ficar com a voz embargada e demonstrava sua consternação com a situação.

Ela prosseguiu: “Você não sabe se vai sobrar uma máquina para você respirar, se você desenvolver a forma mais grave da covid-19”, disse, se emocionando também ao citar outros países que, assim como a Itália, também estão em total atenção por conta da epidemia de coronavírus.

Os casos crescem rapidamente em diversos locais na Europa, o que gera grande preocupação no continente. “Espanha, França e Alemanha são países que registram mais de mil casos. O governo espanhol suspendeu as aulas por duas semanas”, disse.

3 comentários

  • Abraham Lincoln

    A epidemia é mesmo verdadeira, afinal, o conceito de epidemia é a propagação de uma doença infecciosa, que surge rapidamente em determinada região ou localidade e ataca um grande número de pessoas. Portanto, é de epidemia que se trata. A questão, porém, é outra. A doença em questão é grave a ponto de causar todo esse pavor? No Brasil o H1N1 matou 23% daqueles que foram contaminados. Na China, o temido Corona vírus matou menos de 5% dos que contraíram a doença. Ou seja, talvez uma leitura errada de GPS andando pelo Rio de Janeiro seja mais letal que o Corona. Tenho para mim, portanto, que é mesmo caso de epidemia e é mesmo caso de sensacionalismo fantasia. Doença é doença e é preciso que todos os protocolos relativos à contenção sejam obedecidos. Mas acho que existem outras notícias merecedoras de cobertura e, principalmente, existem outras causas a serem pranteadas.

  • Não é mas poderá ser!

    A questão de epidemia virou politica. O petistas querem que seja uma epidemia. O Bolsonaro disse que epidemia é fantasia da mídia. Os petistas criticam o presidente. Parece que a doença que veio da China passa pelo governo. Mas enfim! Essa é a forma se fazer politica, no Brasil. Quanto pior melhor!
    O Brasil registra 34 casos confirmados de infecção. Certamente não é epidemia. No pior cenário, a previsão do ministério é que em até duas semanas e meia, o país tenha aumentado exponencialmente os registros, que se manteriam, por mais oito semanas.
    Enquanto esses casos se limitar às classes com maior poder aquisitivo, tudo bem. O problema é quando chegar às favelas e periferias das grandes cidades, onde além da grande densidade populacional, será muito mais difícil isolar essas pessoas, pois além da maioria não seguir as recomendações do MInistério da Saúde. Não vamos ter hospitais para socorrer tanta gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *