SAKASHITA INAUGURA NOVO SUPERMERCADO EM FERNANDÓPOLIS. SERÃO 200 NOVOS EMPREGOS

Enquanto o prefeito Humberto Parini se ocupa em expulsar pequenas empresas de incubadoras, nossos empresários investem e geram empregos em outras cidades. Deu no site de notícias Região Noroeste, ontem:

O prefeito de Fernandópolis, Luiz Villar, recebeu na segunda-feira, 18, a visita do empresário Toshiro Sakashita, que inaugura no próximo dia 27, a nova matriz do Sakashita Supermercados, na Avenida Expedicionários. O evento vai abrir a agenda comemorativa dos 72 anos de Fernandópolis. O novo supermercado da Rede Sakashita será o maior da região, que já conta com quatro filiais em Fernandópolis, Jales, Santa Fé do Sul e Ouroeste.

O prefeito Luiz Villar parabenizou o empresário e disse que a cidade recebe mais um grande presente no aniversário de 72 anos. “Os cidadãos fernandopolenses vão ganhar mais um grande empreendimento, que vem de encontro com a transformação que a cidade está vivendo”, destacou o prefeito.

De acordo com o empresário, Toshiro Sakashita, serão gerados 200 novos empregos com a implantação da matriz Sakashita. Em Fernandópolis, o Grupo já oferece 50 empregos na filial, localizada na Avenida Afonso Cáfaro. Ao todo, serão 250 empregos diretos, oferecidos pelo Sakashita Supermercados na cidade.

“A cidade está recebendo um Supermercado moderno, referência em qualidade Sakashita na região, construído nas melhores condições. Planejamos inaugurar esta obra no aniversário de Fernandópolis, que vem crescendo acelaradamente e merece este presente”, afirmou Toshiro.

16 comentários

  • Nova Matriz? Onde era a matriz antiga…???

  • Que eu saiba, em Jales, onde tínhamos a matriz e uma filial. Mas pode ser que a notícia tenha sido mal redigida. De repente, o redator pode estar querendo dizer que o supermercado agora passa a ter uma matriz e uma filial lá em Fernandópolis. Acredito que a matriz mesmo, prá valer, continue sendo a da Rua Oito, aqui em Jales.

  • Eduardo

    Não é de se duvidar que o Prefeito de Jales, teve uma condição privilegiada em alguns momentos em que contou com a sorte, em ações que foram beneficiadas pelo governo do Estado de São Paulo, Como a FATEC, O Ambulátório de Especialidades Médicas, e o Hospital do Cancer que no qual cabera custos enormes e muitas manobras criativas administrativas e politicamente para manter está instituição. Convenhamos a ser sinceros, o Prefeito Parini fez mas não foi o prefeito com a capacidade de que Jales necessita. Jales necessita de mudanças profundas que vai desde a Industrialização, a Mudaça no paisagismo urbano, o Desenvolvimento Rural e Regional, entre outros fatores que agregam desenvolvimento.
    O crescimento geográfico do município de Jales é sem duvida a demostração de pontos positivos ao mesmo tempo que se encontram problemas sociais. Sendo necessário Administrar os recursos públicos de forma eficaz e eficiente, rápidez e agilidade nas performaces das suas operações desde o cargo mais alto, o servidor número 1 no caso o prefeito, seus Secretários, e funcionários municipais, uma vez que novas ferramentas tecnologicas estão disponibilizadas para prestação de serviços.
    Entre a arrecadação de impostos Municipal para investimentos em obras, pagamento de salários, realização de convenios, repasses a entidades, etc.
    Os recusros arrecadados pelas prefeituras em alguns casos já não são mais suficientes para atender a demanda social na gestões publicas, é preciso ter uma maior participação em criação de empresas publicas, que estejam a compromisso do desenvolvimento, Geração de Empregos, Técnologias, Turismo, e formas de contar com uma maior participação financeira indireta.
    Jales precisa acompanhar o nível de desenvolvimento e prosperidade de Cidades como Maringá, São José do Rio Preto, Araçatuba, Votuporanga, Araraquara, Fernandópolis, Marília, Ribeirão Preto, Auriflama, Valentin Gentil, Ouroeste, Santa Albertina, Santa Fé do Sul, Birigui, deixando os pensamentos antagonicos ultrapassados de lado e se entregar de vez pra realidade, com mudanças gerais de conceitos obstinados a não repetir a historia do não que não convem mais.
    A prefeitura necessita de se tornar como uma empresa moderna, com funcionários especializados nas areas de atuações, entre os inumeros fatores de eficiencia e eficacia. Não é mais aceitavel aquele que só porque passa em concurso publico não pode ser mandado embora. NA realização de concursos públicos pela prefeitura,no minimo tinha que exigir hoje curso superior dos candidatos passando por um seleção atualizada de acordo com a prática a ser efetuada, realizar eventos de qualificação com funcionários em visitar empresas, aplicando um processo de mudanças operacionais a partir do momento em que o funcionário conhece o que é na pratica.
    Portanto não é de se esperar que o Sucessor de Parini faça muito coisa, seja ele Luís Especiato, seja Flá, Seja Nice, Macetão, Gilbetão, Garça, uma vez que o vicio de coisas erradas não para e a historia sempre continua a repetir, pois de nada adianta dizer que Jales está mudando fazendo ainda as mesmas coisas de antes.KKKKKKKKKKKKKKK é uma piada o próprio municipio, quando dizem que estão perdendo pra esse ou aquela Cidade como Fernandópolis, até mesmo entrado na lista, Santa Fé do Sul, Ouroeste, Votuporanga, Valentin Gentil, Santa Albertina, Santa Clara D’Oeste.Assim como diz o José Simão da Folha de São Paulo, Brasil país da piada pronta, ou convenhamos a dizer, o famoso geitinho Brasileiro de Pidamonhagaba, terra natal do Governador Geraldo Alkimin entre outros conterraneos Paulistas, Cariocas ou Mineiros…

  • Eduardo

    Não Esqueçamos de Lembrar que a Matriz da SABORAKI é no MATO GROSSO do Sul, teve até a inauguração com a presença do Governador de lá,!!!

  • JURANDIR

    Num entendi nada, Eduardo. Daria prá ser mais claro?

  • O dia que a terra parou

    ISSO QUE DÁ MORAR NUMA CIDADE SEM LAZER – BASTA UM FERIADO PARA LOTAREM OS COMENTÁRIOS DO BLOG DO CARDOSO BAIANOAMIGO DO CHAPORIM Colorado – kkk – o Eduardo ai e cima foi a melhor do dia – mas se for o Britto de Campo Grande, ai fica sem graça – repetitivo.

  • Anônimo

    Nossa…isso está ficando é muito chato.
    Pensei que fosse um espaço para comentários e, não para livros…
    Deve ser a água de Jales…cidade de gente muitoooooooooooooooooooooooooooo inteligente que fala muito e faz pouco. Um tédio…

  • Eduardo

    Companheiros Leitores, Saudações e Obrigado pela leitura, e também sem recentimentos, eu acredito que a critica faz parte, pois não faz bem a saude de ninguem guardar rancores. Blogs, sites, são pra quem gosta de escrever mais, outros escreverem apenas uma frase, outros colocam se como donos da verdade entre meia duzia que só fala, parece aqueles companheiros que incompetentes que só ajudaram, ao contrario daqueles que organizam e planejam a vitória, e ao contrario daqueles que todo mundo fica tentando a vida inteira e levam o fracasso e as frustrações pra casa ou que ficam descontando nos outros….

  • Luis Fernando - adv

    Olha so como os críticos da administração tem apenas uma visão, interpretar sempre desfavoravelmente. Um empresário local, que alias, de muito sucesso profissional, não pode empreender visando crescimento regional que a culpa e do prefeito, meu Deus, acho que esquecem que este mesmo empresário tem duas lojas do mesmo ramo nossa pujante e progressista cidade! Por favor, Criticas com qualidade pessoal!

  • Anônimo

    Luís Fernando, ninguém até agora disse que um empresário de Jales não possa ter empreendimentos fora dessa PULJANTE e PROGRESISTA cidade. Até porque este referido empresário tem empreendiementos até fora do País e ninguém está criticando isso. O que acontece é que o prefeito de Jales e, curiosamente sempre quem está à frente dessas ações é o Zé Shimomura, ao invéz de apoiar e incentivar novos empreendimentos aqui na Puljantepólis, ele vive a despejar empresas que geram empregos, tributos e tantos outros benefícios. E para te explicar melhor, essa crítica não foi em rãzão de Fernandópolis ter empreendimentos e sim Jales perder empreendimentos, ou ao menos não incentivar.

  • ????

    ESSE LUIS FERNANDO É UM MAIOR BARATO…………..ESSE CARA TEM CARISMA MESMO……….CONTINUI ASSIM…….SEM VC ESSE BLOG NAO TEM GRAÇA…..ATE MAIS

  • Advogado

    Vejam só que coisa… pena que a matéria não mencionou que em Jales, esta empresa também deve gerar uma ou duas centenas de empregos de forma direta e indireta, mesmo com todos os revezes que cercam o meio empresarial diuturnamente.
    Jales precisa de cidadãos que invistam nela e não fora dela, como é o caso dos agropecuaristas famosos por suas propriedades no centro-oeste deste País ou naqueles que preferem deixar o dinheiro investido a juros (legais ou não).
    Desafio qualquer leitor deste Blog a conseguir entender a política de atração empresarial da atual administração municipal e colocar em prática seus sonhos ou objetivos negociais nesta cidade. Uma pena. Que o(s) próximo(s) gestor(es) possa(m) repensar esta infeliz e incoerente prática repulsora de investimentos.

  • melhor mesmo é BAURU SP com seus arranha ceis e com seu mercado enorme que se chama carreffor

  • Fausto Barrenha

    Fiquei feliz em ver Supermercados Sakashita empenhados na campanha de preservação do meio ambiente.
    Porem acredito que exemplos tem que vir de casa!!
    Quando vou comprar batata, cebola etc, esses supermercados nos fornece sacolas a base de PETROLEO, se querem dar exemplos deveriam nos fornecer sacos biodegradaveis!! para acomodarmos nossas compras de legumes!!

  • EDIRCE

    POR FAVOR GOSTARIA MUITO DE SABER NOTICIAS DO SENHOR DIEGO SAHASHITA,SAMOS GRANDE AMIGOS DESTE JA HHE AGRADEÇO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *