SEM MISÉRIA

Quem gosta de miséria é intelectual, pobre gosta é de luxo“, já dizia o filósofo Joãozinho Trinta. A frase também se aplica quando o assunto é encher a pança. Pelo menos, é o que se depreende do criativo nome que deram à lanchonete aí da foto. Localizada na simpática e malcuidada Avenida “Maria Jalles”, bem em frente à antiga Horta do Júlio (onde agora funciona um pesqueiro, de cujo nome não me lembro), a lanchonete “Sem Miséria” promete matar a fome dos fregueses, sem lhes desfalcar os bolsos em grandes quantias. Muito pelo contrário! O Roberto Pestinha, da Folha Noroeste, disse que é freguês e me garantiu que o lanche da “Sem Miséria” é, realmente, barato e bem reforçado.  

3 comentários

  • Renato César Pereira

    Se o lanche é bom, por que não? A paisagem é maravilhosa e o perfume da valeta emoldurada é coisa de cidade grande.

  • Ouvi falar que o lanche de lá é bom mesmo!

  • reryson martineli

    renato césar pereira.
    quando vaze uma critica que seja construtiva, que Nao seja essa merda que você falou nessa postega…sempre comi lanche ai em nem um momento senti algum cheiro…È bem mais complexo que voce pensa veja bem si oje ele esta nesse lugar e por causa da prefeitura que nao sede um espaço pra prefeitura…si vc como num lugar que tem um bueiro em volta certamente nao foi o lancheiro que coloco

Deixe uma resposta para reryson martineli Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *