TRIBUNAL DE CONTAS MULTA PARINI EM R$ 15 MIL

Nos últimos três ou quatro meses, o prefeito Humberto Parini foi multado duas vezes pelo Tribunal de Contas do Estado, por irregularidades em editais de licitação e em contratos. A primeira multa, de 400 UFESPs (R$ 6.980,00, em valores de hoje), foi aplicada pelo Tribunal por conta de um edital de licitação para aquisição de pneus novos. O edital restringia a participação de empresas que comercializam pneus importados, o que é vedado pela legislação.

A segunda multa, de 500 UFESPs (R$ 8.725,00), veio por conta de irregularidades apontadas pelo Tribunal na licitação para terceirização da merenda escolar e no contrato firmado com a empresa Gente Ltda, em 2006. No entanto, o Tribunal de Contas ainda não disponibilizou o acórdão em seu site, o que nos impede de saber, por enquanto, quais seriam essas irregularidades.

Um último detalhe: essas multas são aplicadas ao prefeito – pessoa física – e devem ser pagas pelo próprio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *