AS METADES DA EX-BBB ANAMARA

Pelo jeito, a moça das fotos – a ex-BBB Anamara – é fã do cantor e compositor Osvaldo Montenegro. Reparem que ela tatuou, em cada lado de seu lindo costado, um trecho de uma música do Osvaldo, chamada “Metade”. Eis o trecho: “E que a minha loucura seja perdoada, porque metade de mim é amor… e a outra metade também.”

“Metade” já foi, há alguns anos, uma das músicas mais solicitadas lá no programa dominical que apresento na Regional FM, o Brasil & Cia. Por sinal, essa música já foi alvo de uma polêmica.

Há uns três anos, o jornalista Ancelmo Góis, de o Globo, noticiou que Montenegro estaria sendo acusado de plágio, pelo poeta Ferreira Gullar. Segundo o jornalista, Gullar dizia que “Metade” seria um plágio do poema “Traduzir-se”, de sua autoria, e que ficou nacionalmente conhecido depois de ter sido musicado pelo Fagner.

À época, Montenegro rebateu a suposta acusação de Gullar, afirmando que as duas obras eram completamente distintas, embora abordassem, ambas, a dualidade humana. Particularmente, também não vejo muita semelhança entre as letras das duas músicas. Talvez o professor Belon, um estudioso da nossa poesia, possa nos esclarecer se, realmente, existe alguma semelhança.

Por enquanto, fiquemos com o ensaio da Anamara para o Paparazzo – que pode ser visto aqui – e com os vídeos abaixo, onde Osvaldo Montenegro aparece interpretando “Metade” e o Fagner canta “Traduzir-se”

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video 

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *